Sem lutar desde 2018, Brian Ortega promete guerra contra o Zumbi Coreano: ‘Vamos para o hospital’

Número dois do peso pena elogia o adversário e mostra entusiasmo para participar de mais uma batalha parecida com a que teve contra Max Holloway

B. Ortega promete guerra contra Z. Coreano no UFC Ilha da Luta 6. Foto: Reprodução/Instagram

O tempo inativo não tirou a empolgação de Brian Ortega para o importante duelo contra Chan Sung Jung, o ‘Zumbi Coreano’. O choque acontecerá neste sábado (17), no UFC Ilha da Luta 6, em Abu Dhabi, e o norte-americano vai para o combate esperando o mesmo que os fãs: uma guerra.

Na coletiva pré-show, Ortega, que sofreu muitos danos para Max Holloway em sua última aparição, revelou que ignorou as críticas e não alterou seu jeito de lutar e sim o de treinar. Tanto é que afirmou que ele e o sul-coreano vão para o hospital após o embate.

Veja Também

Brian Ortega não se arrepende de agredir amigo de Zumbi Coreano e espera uma carnificina
Zumbi Coreano pede desculpas publicamente para Alexander Volkanovski e Brian Ortega por provocá-los
Brian Ortega admite que precisa mudar seu estilo para ser campeão do UFC: ‘Tenho que ser inteligente’

“Quando perdi para Holloway e assinei para enfrentar o Zumbi Coreano, muitos falaram que eu teria que me reinventar, mas discordo. Eu não precisava mudar meu modo de lutar e sim meu modo de treinar. Estou neste esporte para lutar contra os melhores e é por isso que amo tanto isso. Vou testar o meu mundo contra o dele e vamos para a guerra! Todos ganham e os fãs também. Nós, atletas, amamos lutar e testar nossa vontade. Sendo pago por isso, é lindo. Espero que Abu Dhabi tenha bons hospitais, porque nós vamos precisar”, disse Ortega.

Número dois no ranking do peso pena (65,8kg), ‘T-City’ garantiu que, por conta da agressividade de ambos, a dupla não precisou apelar para o trash talk para tornar o combate atrativo, elogiou o adversário, porém deseja encerrar o duelo o quanto antes.

“Nós lutamos para impressionar e temos grandes nocautes e finalizações. Ele está numa boa sequência de vitórias e eu quero voltar bem, estou faminto. A luta se vende facilmente. Não precisamos de trash talk. Darei tudo de mim! Se eu conseguir um nocaute rápido ou uma finalização rápida, melhor. O que importa é vencer. Obviamente, há emoções em jogo, então pode haver uma guerra e posso irritar minha equipe fazendo isso”, finalizou.

Vale lembrar que bem antes, o clima entre Brian Ortega e Zumbi Coreano era amigável. No entanto, a simpatia que nutriam não existe mais por conta de Jay Park, tradutor e empresário do asiático, que provocou o norte-americano e foi agredido pelo mesmo. A partir daí, os lutadores se tornaram desafetos, por mais que ainda se respeitem.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments