Brian Ortega não se arrepende de agredir amigo de Zumbi Coreano e espera uma carnificina

Número dois do ranking do peso pena acredita que a vitoria sobre o rival o fará lutar pelo cinturão da categoria novamente

B. Ortega (esq.) promete carnificina contra Z. Coreano (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Basta um ano para tudo mudar e, no MMA, isso não é diferente. Originalmente, Brian Ortega e Chan Sung Jung lutariam em dezembro de 2019 e, na época, o clima entre eles era amigável. No entanto, a simpatia que nutriam não existe mais por conta de Jay Park, tradutor e empresário de ‘Zumbi Coreano’. Provocado pelo membro da equipe adversária, Ortega havia dito que lhe daria um tapa, caso o encontrasse e foi exatamente isso que aconteceu no UFC 248, em março. A partir daí, mais trash talk aconteceu e, enfim, os desafetos vão acertar as contas no dia 17 de outubro. Ao site norte-americano MMA Junkie, ‘T-City’ informou que espera um combate bastante violento e não se arrepende do ocorrido que gerou toda essa situação.

Veja Também

Dana White confirma interesse na superluta entre Brock Lesnar e Jon Jones
Valentina Shevchenko elogia Jennifer Maia e espera enfrentar a melhor versão da brasileira
Tony Ferguson surpreende e deseja treinar Brock Lesnar em possível luta contra Jon Jones
Leon Edwards se irrita com revanche entre Jorge Masvidal e Nate Diaz; Santiago Ponzinibbio o desafia
Bellator contrata irmão do seu campeão dos meio-pesados

“Basicamente, será uma carnificina. Com tudo que aconteceu entre a gente, queremos machucar um ao outro e só vejo isso acontecendo, só que de forma técnica. O ocorrido não me incomoda. Não vejo como algo tão pesado. Se uma pessoa fala besteira, será cobrada. É assim que penso. Os irmãos Diaz não são os únicos com essa mentalidade. Se você age de forma errada, levará um tapa. Por mais que você cresça e tente melhorar, às vezes, isso acontece. Normalmente, os lutadores se respeitam, mas nós perdemos o respeito um pelo outro. Se querem considerar essa luta como algo pessoal, será pessoal. Esse é mais um lutador que eu não gosto e que desejo bater sem ir para a cadeia”, disse Ortega.

O vencedor dessa luta ficará em ótima posição na corrida para ser o desafiante ao cinturão do peso pena (65,8kg), porém o combate entre os rivais Zabit Magomedsharipov e Yair Rodriguez, uma semana depois, também é importante para a categoria. No entanto, Ortega não considera esse duelo tão decisivo.

“Pelo que sei, o próprio Dana White disse que o vencedor da nossa luta será o próximo desafiante. Eu não faço as regras. Não o vi falando isso de Zabit x Rodriguez e sim da nossa luta”, finalizou.

Número dois do ranking do peso pena, Brian Ortega não luta desde 2018, quando lutou pelo cinturão e foi derrotado pelo ex-campeão, Max Holloway, interrompendo uma sequência de seis vitórias consecutivas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments