Sem lembrar dos três últimos rounds, Zumbi Coreano lamenta derrota e parabeniza Brian Ortega

Cotovelada aplicada pelo norte-americano foi decisiva e bastante semelhante ao golpe de Yair Rodriguez, que nocauteou o atleta em 2018

Z. Coreano revela que lutou no automático nos rounds finais. Foto: Reprodução/Instagram

O UFC Ilha da Luta 6 não trará boas lembranças a Chan Sung Jung. No evento realizado no último sábado (17), em Abu Dhabi, além de não ter conseguido confirmar o favoritismo, o Zumbi Coreano foi superado por Brian Ortega, justamente em seu ponto forte, que é a trocação. E um golpe, em especial, fez a diferença: a cotovelada giratória aplicada pelo norte-americano no segundo round.

Incomodado com o resultado, o atleta de elite do peso pena (65,8kg) usou suas redes sociais para se comunicar e explicou que o golpe aplicado pelo adversário, além de bonito, foi tão poderoso, que o desorientou por completo. Sincero, o Zumbi Coreano revelou que não se lembra do que aconteceu nos assaltos seguintes, admitiu que, a partir daquele momento, sabia que seria difícil uma retomada e parabenizou Ortega pela atuação.

Veja Também

Alexander Volkanovski sinaliza data para enfrentar Brian Ortega pelo cinturão dos penas
Favorito para enfrentar Volkanovski por cinturão, Brian Ortega elogia campeão: ‘Metódico e técnico’

“Não me lembro do terceiro, quarto e quinto rounds. Não consigo, mas é incrível ver como lutei. Preciso descobrir porque perdi a luta. Ortega foi muito bem e eu sou um idiota por ter caído em mais uma cotovelada. Quando o quinto assalto acabou, pensei que o quarto tinha começado. Lutei os três últimos rounds no automático. Neste momento, estou com vergonha de mim. Obrigado pelo apoio. Me desculpem.  Ainda assim, muito obrigado a todos que me apoiaram. Sinto muito”, postou o sul-coreano.

Vale lembrar que a cotovelada aplicada por Brian Ortega não foi a primeira que atrapalhou Chan Sung Jung. Em 2018, o Zumbi Coreano foi nocauteado por Yair Rodriguez ao sofrer o mesmo golpe e faltando apenas um segundo para a luta acabar. Na ocasião, a derrota foi ainda mais amarga, já que o sul-coreano levava ampla vantagem no duelo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments