Robert Whittaker garante foco total em Jared Cannonier e não em revanche contra Israel Adesanya

Ex-campeão do peso médio reconhece o perigo que o atual adversário representa e, por isso, não deseja pensar no acerto de contas com o rival

R. Whittaker garante estar focado em J. Cannonier e não em I. Adesanya. Foto: Reprodução/Instagram

Apesar de Dana White ter informado que o vencedor do duelo entre Robert Whittaker e Jared Cannonier lutará pelo cinturão do peso médio (83,9kg), o ex-campeão não quer distrações. Pelo contrário, o australiano pregou respeito ao seu adversário no UFC 254, evento que acontece neste sábado (24), em Abu Dhabi, mesmo tendo o desejo de acertar as contas com Israel Adesanya no futuro.

Na entrevista coletiva pré-show, Whittaker garantiu que só pensa em Cannonier, pois sabe do perigo que ele representa e revelou que a única coisa que desvia seu foco não é o número um dos médios e sim a própria família.

Veja Também

Sem lembrar dos três últimos rounds, Zumbi Coreano lamenta derrota e parabeniza Brian Ortega
Justin Gaethje deseja vencer Khabib Nurmagomedov para arruinar planos de Dana White e Ali Abdelaziz
Khabib Nurmagomedov impõe condição para revanche contra Conor McGregor acontecer: ‘Só se lutar nos leves’
Joanna Jedrzejczyk nega aposentadoria, mas não faz previsão para retorno: ‘Não luto sem público’

“Ninguém deve nada a ninguém. Lutarei contra Cannonier e não estou pensando em Adesanya ou no que ele vai fazer. Ele pode lutar contra quem quiser. Cannonier é um adversário perigoso e poderoso. Estou focado nessa luta, darei o meu melhor e vou curtir o fim de ano com a minha família”, disse Whittaker.

O ex-campeão seguiu elogiando Cannonier, mas, ao mesmo tempo, acredita que seja habilidoso o suficiente para vencer tanto em pé, quanto no solo.

“É claro que respeito suas habilidades. Cannonier é a maior ameaça da categoria para mim, porque é o lutador que tenho que enfrentar. Disputei algumas batalhas e espero outra contra ele. Ele é duro, muito poderoso e persistente. Não estou subestimando, mas, sinceramente, acho que sou melhor em todos os aspectos. Posso lutar em qualquer área e fazer qualquer coisa contra ele, inclusive, nocautear. Preferia que a luta tivesse 25 minutos e não 15. Reconheço que ele pode me vencer. Posso perder, mas não acho que vou”, finalizou.

Apesar de esquecer Israel Adesanya, momentaneamente, Robbert Whittaker já confessou em diversas entrevistas que não gosta do campeão do peso médio. Quando se encontraram, em 2019, o nigeriano nocauteou no segundo round e destronou o australiano.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments