Após recusa de lutadores, Chimaev desafia Whittaker e faz previsão: ‘A duas lutas do cinturão’

Cansado de esperar, promessa sueca parte em direção a um novo alvo e manda mensagem para os campeões, Kamaru Usman e Israel Adesanya

K. Chimaev mira cinturão daqui a duas lutas. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de um início bastante agitado no UFC, Khamzat Chimaev vive um momento de estagnação em sua carreira, mas não por vontade própria. A promessa sueca, que realizou realizou três lutas em menos de seis meses, já tem um novo compromisso marcado para dezembro de 2020, porém o mistério em torno de seu adversário continua. Contudo, isso não o impede de pensar alto.

Em entrevista ao ex-lutador e atual comentarista, Dan Hardy, Khamzat Chimaev mostrou insatisfação com o ‘não’ de vários atletas renomados, considera interessante enfrentar Robert Whittaker e foi além, ao cravar que basta vencer mais duas lutas para encontrar Kamaru Usman ou Israel Adesanya, campeões do peso meio-médio (77,6kg) e médio (83,9kg), respectivamente.

Veja Também

Empolgado com atuações de Chimaev, Khabib defende tratamento diferenciado do UFC: ‘Ele merece’
Empolgado com sucesso de Khamzat Chimaev, Daniel Cormier cita adversário ideal e faz previsão ousada
Desafiado por Khamzat Chimaev, Israel Adesanya responde: ‘Nem conheço esse cara’
Indignado com estatística sobre Khamzat Chimaev, ex-árbitro ressalta feitos de Royce Gracie
Apesar de não conhecer Khamzat Chimaev, Colby Covington não descarta enfrentá-lo no futuro

“Pedi para Dana apenas me dar um nome. Me perguntaram se queria lutar contra Thompson, Weidman e Demian, eu aceitei, mas eles recusaram. Luto até contra Magny! Não me importo. Só quero lutar e estou esperando dezembro chegar. Till disse que aceitaria, eu o chamei para lutarmos, mas ele negou, porque tem algo marcado. Whittaker vai lutar no próximo evento e acho que seria um bom adversário para mim. É um ex-campeão e gosto dele, mas terei que esmagá-lo. Basta vencer mais duas para lutar pelo cinturão. A classe de peso? Não sei e nem me importo. Pode ser Usman ou Adesanya. Os enfrento na mesma noite. Usman é um bom lutador, mas não tem poder de nocaute como eu tenho, nem possui o wrestling que possuo. O que poderá fazer? Se eu seguir trabalhando duro na academia, ninguém pode me vencer”, disse Chimaev.

Robert Whittaker, ex-campeão do peso médio, é o mais novo nome na lista de desejos de Khamzat Chimaev. Vale lembrar que a promessa sueca ainda não integra o top-15, porém está tão confiante que acusa os veteranos mencionados de estarem recusando enfrentá-lo por medo.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments