Apesar de não conhecer Khamzat Chimaev, Colby Covington não descarta enfrentá-lo no futuro

Ex-campeão interino do peso meio-médio ignora o crescimento do sueco no UFC, mas incentiva lutador a seguir vencendo para entrar no top-15

C. Covington não sabe quem é K. Chimaev. Foto: Reprodução/Instagram

Desde que surgiu em junho de 2020, Khamzat Chimaev, rapidamente, se tornou um dos atletas preferidos dos fãs e de Dana White, mas não dos atletas. Muitos criticam o tratamento dado ao sueco, recusam enfrentá-lo e poucos são os que o desafiam. Colby Covington está entre eles.

Ao site norte-americano Submission Radio, o ex-campeão interino do peso meio-médio (77,6kg) informou que, apesar de todo destaque que o sueco vem tendo, não sabe quem ele é, porém não recusou uma luta no futuro e até o incentivou a continuar desempenhando um bom papel no octógono.

Veja Também

Citado por Dana White como possível oponente de Chimaev, Thompson recusa luta: ‘Não faz sentido’
Dana White critica Conor McGregor por tentar roubar os holofotes dos demais lutadores: ‘Sempre faz isso’
Holly Holm comemora grande atuação no UFC Ilha da Luta 4 e não tem pressa para lutar pelo cinturão dos galos
Após finalizar Juliana Peña no UFC Ilha da Luta 4, Germaine De Randamie cobra respeito: ‘Mereço isso’

“Eu nem sei quem é Chimaev. Lembro de alguém dizendo que havia um garoto que lutaria no mesmo evento que eu e que tinha muito hype. Pelo que sei, ele não enfrentou bons lutadores e nem está entre os 50 melhores do mundo. Não vi as lutas dele e nem as do evento, mas, se ele conseguir algumas vitórias, entrar no ranking e se tornar alguém, pode me ver”, disse Covington.

Com a confiança em dia após nocautear em sua última aparição, ‘Chaos’ afirmou que, como é o melhor lutador do mundo, não recusa desafios e prometeu frustrar os planos do UFC, caso escalem Chimaev como seu adversário.

“Sou o melhor lutador do mundo e não fujo de ninguém. Meu objetivo é vencer todos que entram no meu caminho. Se o UFC quer fazer os fãs acreditarem no hype e vender esse lutador como impressionante, essa campanha será interrompida em um segundo por mim”, finalizou.

Aos 32 anos, Colby Covington se recuperou da derrota para o campeão do peso meio-médio, Kamaru Usman, ao nocautear seu rival, Tyron Woodley, em setembro de 2020.

O invicto Khamzat Chimaev realizou três lutas no ano, nocauteou Gerald Meerschaert com um golpe, em apenas 17 segundos e sua próxima aparição será a luta principal em um evento nos Estados Unidos, porém o adversário segue indefinido.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments