Leon Edwards comenta exclusão no ranking, se irrita e desafia Khamzat Chimaev

Surpreendido com sua ausência na elite dos meio-médios, inglês propõe luta contra nova sensação do UFC

L. Edwards comentou sua exclusão no ranking dos meio-médios do UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Antigo número três no ranking dos meio-médios (até 77kg.), Leon Edwards não aceitou bem a decisão do Ultimate em retirá-lo do grupo sob a alegação de inatividade. Em suas redes sociais, o inglês mostrou irritação com a situação, explicou sua ausência no octógono e propôs uma luta contra a nova sensação do UFC.

Veja Também

Sem lutar há mais de um ano, Leon Edwards é retirado do ranking dos meio-médios por inatividade
Como assistir o UFC 254, com Khabib x Gaethje, AO VIVO pela televisão e internet

“Eu ainda estou no ranking. Que se fo** a inatividade. A única razão de eu não ter lutado é porque todos esses caras que se dizem ‘top’ me rejeitaram. Khamzat, quer lutar, então?”, escreveu Edwards, em sua conta no ‘Twitter‘.

O momento, de fato é complicado para Edwards. O inglês acabou perdendo prestígio com a organização depois de se retirar do confronto contra o ex-campeão da categoria, Tyron Woodley. Na ocasião, os dois se enfrentariam em março, na Inglaterra. Em função da pandemia do coronavírus, a companhia optou por alterar o local do card para os Estados Unidos. Leon, então, por motivos de segurança, preferiu deixar o espetáculo, dando lugar, posteriormente, a Gilbert Durinho.

Invicto há oito compromissos, Edwards não se apresenta desde julho do ano passado, quando superou o brasileiro Rafael dos Anjos. Desde então, o inglês vem desafiando oponentes da elite do grupo, mas sem sucesso.

Antes de desafiar Chimaev, Leon apostou suas fichas em um embate contra o atual número dois da categoria, Gilbert Durinho. O brasileiro negociava o duelo contra o campeão do grupo, Kamaru Usman, mas o plano caiu por terra, depois que o nigeriano pediu mais tempo para se preparar.

Ao saber do desafio do inglês, o niteroiense prontamente recusou a proposta. Segundo Durinho, ele já conquistou a condição de desafiante e não precisa se testar contra qualquer outro rival que não seja o campeão.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments