Mesmo com derrota, Anderson Silva é exaltado por grandes nomes do MMA: ‘Inspirou gerações’

Lutadores respeitados usam as redes sociais para manifestarem a admiração por um dos melhores atletas de todos os tempos; Jon Jones, Israel Adesanya, Alexander Volkanovski, Patrício Pitbull e outros compõem a lista

A. Silva em momento de reflexão após UFC Las Vegas 12. Foto: Reprodução/Instagram

Um resultado negativo não apaga um legado. Mesmo perdendo de forma dura o confronto contra Uriah Hall, neste sábado (31), pelo UFC Las Vegas 12, Anderson Silva é e continuará sendo um dos maiores nomes que o MMA possui. Depois do duelo, que marcou a despedida do brasileiro do Ultimate, diversos atletas prestaram suas homenagens ao maior nome da história dos médios (até 83,9kg.).

Veja Também

Uriah Hall estraga festa brasileira e vence Anderson Silva por nocaute no UFC Las Vegas 12
Vídeo: Após derrotar Anderson Silva, Uriah Hall não contém emoção, chora e mostra total respeito à lenda

Um dos maiores nomes do UFC de todos os tempos, Jon Jones nunca escondeu sua admiração por Anderson. Ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg.), o norte-americano não deixou de prestar sua homenagem ao brasileiro.

“Obrigado, Anderson. Nós amamos você”, escreveu ‘Bones’

Atual campeão dos médios, título que foi de Silva entre 2006 e 2013, Israel Adesanya é um fã confesso do ‘Spider’. O nigeriano, que fez questão de estar presente no UFC Las Vegas 12 para ver a despedida da lenda não poupou elogios ao ex-líder de sua categoria.

“Ele é o cara. Se você luta, você sabe. Estou honrado por estar aqui. É o cara que me trouxe para o esporte. Eu pude assistir sua última luta e vê-lo caminhar para o pôr do sol. Ele foi bem, foi competitivo”, disse o nigeriano.

Atual dono do título dos penas (até 65,7kg.), Alexander Vokanovski também parabenizou o brasileiro por sua carreira vitoriosa.

“Verdadeiro exemplo de artista marcial. Sempre respeitoso e habilidades que nunca serão esquecidas. Anderson Silva, lenda absoluta”, publicou o australiano.

Maior nome da história do Bellator e duplo campeão da companhia, Patrício Pitbull não ficou de fora da lista. O atleta falou com carinho sobre o compatriota.

“Anderson teve uma carreira incrível. 45 anos, 45 lutas, ainda competindo e vencendo a maior parte da luta contra um top 15. Ele estava incrível. Lutou como um guerreiro e nos deixou orgulhosos de qualquer forma”, escreveu Pitbull.

Promessa brasileira para a divisão dos meio-pesados, Johnny Walker se manifestou após a apresentação de Anderson.

“Ainda é meu herói”, publicou Walker.

Atual líder dos meio-pesados, Jan Blachowicz fez questão de publicar sua admiração por Anderson. Nas redes sociais, o polonês lembrou com carinho do legado do brasileiro.

“Obrigado por cada segundo de sua magia”, escreveu Jan.

Próxima desafiante ao cinturão feminino do peso pena, Megan Anderson foi outra personalidade a homenagear o paulista.

“Emocionante assistir a última luta de Anderson Silva no UFC. Ele inspirou uma geração inteira de artistas marciais e eu mal posso esperar para vê-lo introduzido ao Hall da Fama.

Ex-campeão dos leves (até 70,3kg.), Rafael dos Anjos também agradeceu a Anderson pelos serviços prestados ao esporte.

“Uma grande carreira, ‘Spider’. Um dos melhores da história”, publicou.

Fechando a lista, o presidente do UFC, Dana White, que assistiu de perto o surgimento de um dos maiores fenômenos que a organização já teve, não ficou de fora da homenagem.

“Obrigado, por todos os momentos incríveis, Anderson Silva”, escreveu o ‘chefão’.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Mario Oliveira
Mario Oliveira
25 dias atrás

Foi um farsante, mal carater, ganhou eqto era permitido o doping, adversarios forjados,,,Tudo isso arquitetado pelo Minotauro e o UFC que criou falsos campeões (aldo, cigano, belford, etc) para entrar no Brasil, depois de se solidificar tiveram deblutar de verdade e esse é o resultado…tomar cacete atras de cacete