Após pedir para ser treinador do TUF, Gilbert Durinho desafia Nate Diaz para luta de grappling

Número dois dos meio-médios não deseja ficar parado, esperando o UFC confirmar sua luta contra o campeão, Kamaru Usman

G. Durinho desafia Nate Diaz para luta de grappling. Foto: Reprodução/Instagram @gilbert_burns

Além das grandes atuações no octógono, Gilbert Durinho também é conhecido por estar sempre ativo nas redes sociais. Apesar de Dana White já ter confirmado que o brasileiro lutará pelo cinturão do peso meio-médio (77,6kg) do UFC contra o campeão, Kamaru Usman, ele não deseja ficar parado. Recentemente, o niteroiense expressou o desejo de ser um dos treinadores do TUF e, não satisfeito, foi além.

Em suas redes sociais, Durinho desafiou Nate Diaz, com quem já discutiu no passado, para uma luta de grappling e está levando a sério, já que mencionou o próprio Ultimate e Chael Sonnen para a realização do confronto.

Veja Também

Com crédito no Ultimate, Gilbert Durinho expressa desejo de ser treinador do TUF
Rafael dos Anjos comemora Paul Felder como substituto de Makhachev neste sábado: ‘Mais empolgante’
Jéssica Bate-Estaca revela desentendimento com Amanda Nunes em 2018 e afirma que aceitaria luta contra ‘Leoa’

“Como a minha luta pelo cinturão ainda não está marcada, não quero ficar parado! Veremos quem é o verdadeiro gangster Nate Diaz. Aposto 200 mil dólares, você faz o mesmo e o vencedor fica com tudo. Sonnen, UFC, o que acham?”, postou Durinho em seu Twitter.

Vale lembrar que Nate Diaz, quando soube que Gilbert Burns enfrentaria o campeão, Kamaru Usman, provocou, dizendo que essa seria a luta pelo cinturão menos vendida da história do UFC. Ao saber disso, Durinho respondeu, afirmando que aplicaria uma surra no bad boy e parece não ter esquecido a rivalidade. Atualmente, o brasileiro se encontra na segunda posição no ranking do peso meio-médio e venceu seis lutas consecutivas.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments