Após ser excluído por Cormier do posto de melhor lutador da história, Jones critica rival: ‘Perdeu e desistiu’

Ex-campeão dos meio-pesados do UFC não gostou do posicionamento do atual comentarista, se defendeu e provocou o desafeto

J. Jones responde acusação feita por D. Cormier. Foto: Reprodução/Twitter UFC Brasil

O MMA é uma caixinha de surpresas. Quando se imaginava que a pesada rivalidade entre Jon Jones e Daniel Cormier havia se tornado menos acintosa, inclusive, com a dupla trocando alguns elogios, bastou uma fagulha para reacender o ódio existente. Ao saber que ‘DC’ o excluiu da disputa para ser o melhor lutador da história do MMA, por causa do doping, ‘Bones’ não gostou da opinião dada pelo desafeto e se posicionou.

Em suas redes sociais, o ex-campeão do peso meio-pesado (93kg) do UFC não só continuou defendendo seu status de número um, como acredita que esse ataque é uma forma que muitos têm de fugir da realidade. Além disso, Jones lembrou que Cormier não pode falar a respeito, depois do que ocorreu em sua última aparição.

Veja Também

Demetrious Johnson não tem dúvida e crava Jon Jones como melhor lutador da história do MMA
Daniel Cormier exclui Jones e Anderson Silva de lista de melhores da história: ‘O antidoping te elimina’
Após salvar o UFC Las Vegas 14, Paul Felder critica atletas que não batem o peso: ‘Façam o que é certo!’

“Com a USADA, você é culpado até que prove o contrário, a menos que você seja o melhor. Quando você vence por tanto tempo, segue sendo acusado. Isso ajuda as pessoas a dormirem à noite. As pessoas se lembrarão de que fui acusado de usar esteroides e também vão se lembrar que fui inocentado e pude continuar minha carreira #Fatos. Cormier, você perdeu sua última luta, desistiu e se aposentou. Fale sobre ser eliminado da conversa”, postou Jones em seu Twitter.

Não é surpresa ver Jon Jones e Daniel Cormier se desentendendo publicamente. Apesar do alto nível que possuem e da importância que têm para o esporte, ambos protagonizaram cenas lamentáveis e deram declarações polêmicas antes e depois de lutarem duas vezes.

No primeiro embate, realizado em 2015, Jones derrotou Cormier na decisão unânime dos juízes. No segundo encontro, ocorrido em 2017, o nocaute aplicado por ‘Bones’ foi transformado em luta sem resultado, já que este foi reprovado no exame antidoping por testar positivo para o uso da substância turinabol.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments