Empresário afirma que Anderson Silva está livre do contrato com o UFC, mas Dana nega informação

Representante do ‘Spider’, Jorge Guimarães revela que lenda rescindiu contrato com a empresa; 'chefão' contestou imediatamente

A. Silva lutou pela última vez no UFC no fim de outubro. Foto: Reprodução/Instagram

Uma notícia tem gerado confusão no mundo do MMA, nesta quinta-feira (19). Segundo Jorge ‘Joinha’ Guimarães, empresário de Anderson Silva, o veterano rescindiu contrato com o UFC e estaria livre para assinar contrato com outra companhia. A informação, divulgada inicialmente pelo ‘MMA Fighting’, acabou sendo imediatamente contestada pelo presidente do Ultimate.

Veja Também

Para se firmar na história, Deiveson revela planos de enfrentar Garbrandt e Henry Cejudo
Com 108kg, Jon Jones exibe grande evolução física e se aproxima de estreia nos pesados
Werdum explica a razão para assinar com a PFL e manda recado aos demais pesados: ‘Quero o cinturão’

Em entrevista ao ‘TMZ Sports’, o ‘chefão’ negou qualquer fim de vínculo com Anderson, de 45 anos. Segundo o mandatário, ‘Spider’ segue com seu contrato vigente e aposentado do MMA.

Em sua última apresentação, no fim de outubro, Anderson acabou sendo duramente derrotado por Uriah Hall, naquela que foi promovida como a luta de despedida do UFC. Mesmo com mais um confronto no acordo atual, o Dana seguia afirmando que o embate contra o jamaicano selaria a trajetória da lenda no Ultimate.

Em conversa com o ‘Combate’, ‘Joinha’ assegurou que a rescisão é real. O acordo, no entanto, é verbal, em um primeiro momento.

A notícia coloca um ponto de interrogação na aposentadoria de Anderson. Um dia após ser batido por Hall, o brasileiro usou as redes sociais para confirmar que deixaria o esporte. Caso esteja disposto a encerrar o vinculo com o Ultimate, a ação sugere que o atleta pode retornar ao MMA.

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments