Sem ser flagrado com substâncias ilícitas, Yair Rodriguez acaba suspenso pela USADA por motivo curioso | SUPER LUTAS

Sem ser flagrado com substâncias ilícitas, Yair Rodriguez acaba suspenso pela USADA por motivo curioso

Peso pena acaba púnico e ficará seis meses afastado das lutas por não divulgar paradeiro para testes recorrentes

Y. Rodriguez acabou suspenso por seis meses por não atualizar informações de paradeiro. Foto: Reprodução/Instagram

Atual número quatro do peso pena (até 65,7kg.), Yair Rodriguez entrou para a lista de atletas punidos pela USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos). O que surpreende, no caso, é que o atleta não foi flagrado pelo uso de substâncias proibidas. O mexicano foi suspenso por seis meses depois de não declarar seu paradeiro aos profissionais, dificultando os testes recorrentes da entidade. Em nota divulgada nesta quinta-feira (3), a USADA explicou o ocorrido.

Veja Também

“Rodriguez não atualizou as informações sobre seu paradeiro e não estava disponível para testes nos locais fornecidos em seus arquivos sobre localização em três ocasiões. Ele acumulou uma falha em cada um dos três primeiros trimestres de 2020. O acúmulo de três falhas de paradeiro dentro de um período de 12 meses constitui uma violação de política sob a Política Antidoping do UFC”, afirmaram.

“Como todos os atletas do UFC, Rodriguez, 28 anos, é membro do Grupo de Testes Registrados do UFC e, portanto, está sujeito a certas responsabilidades sobre o paradeiro, que lhe permitem ser localizado para testes. A informação sobre o paradeiro é um componente crucial de um programa eficaz de testes fora de competição, porque permite às organizações antidoping realizar coletas de amostras sem aviso prévio, o que ajuda a manter a dissuasão e detecção eficaz de doping”, encerraram.

Grande promessa para a divisão liderada por Alexander Volkanovski, em outubro, Yair completou um ano sem se apresentar profissionalmente. O atleta não perde desde 2017 e vem de vitória sobre Jeremy Stephens.

O lutador esteve envolvido na negociação para enfrentar o atual número três no ranking, Zabit Magomedsharipov, em um dos confrontos mais aguardados da história recente da categoria. O embate, no entanto, acabou não acontecendo em 2020 e, pelo visto, seguirá adiado pela companhia.

Com 28 anos, Rodriguez, hoje, soma 16 apresentações como profissional no MMA. No esporte desde 2011, o mexicano conquistou 13 triunfos, tem dois reveses e um confronto sem resultado.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments