Sob pressão, Chris Weidman diz não temer lista de demissões do UFC | SUPER LUTAS

Sob pressão, Chris Weidman diz não temer lista de demissões do UFC

Ex-campeão dos médios, que vem de cinco derrotas nas últimas sete lutas, afirma que o Ultimate está apostando em lutadores que recebem menos

C.Weidman diz não temer demissão: ‘Não há nada que me surpreenda’. Foto: Reprodução/ YouTube

O ex-campeão dos médios (até 83,9 kg) do UFC, Chris Weidman, não vive seu melhor momento na carreira. Com cinco derrotas nas últimas sete lutas, o norte-americano sabe que há um risco de ser demitido do Ultimate caso perca para Uriah Hall no UFC 258, que acontece na Ilha da Luta, Abu Dhabi, no dia 13 de fevereiro. Porém, o algoz de Anderson Silva afirma que não ficaria surpreso se fosse cortado.

“Não estou muito preocupado com isso, mas não ficaria surpreso. Não há nada que me surpreenda mais. Eu não acho que sou mais especial do que qualquer um outro. (…) Se não provar que sou um lutador de nível mundial e que ainda estou pronto para ser um postulante ao título, então sim, posso ser demitido”, disse Weidman, em entrevista ao site norte-americano Fanatics View.

Veja Também

O presidente do UFC, Dana White, anunciou que a promoção deve realizar até 60 demissões nas próximas semanas. E, para Chris, o motivo das demissões é o lado financeiro.

“Isso realmente coloca todo mundo em uma posição de risco. (…), se você não estiver ganhando (lutas) agora e está recebendo muito dinheiro por isso, parece que eles estão tentando se livrar e trazer esses caras mais jovens que não recebem tanto dinheiro”, concluiu.

Aos 36 anos, Chris Weidman tem um cartel de 15 vitórias e cinco derrotas. Ele se sagrou campeão dos médios ao nocautear Anderson Silva, no UFC 162, em 2013. O norte-americano ainda defendeu o título por três oportunidades: a revanche contra o próprio ‘Spider’ e os combates contra os brasileiros Lyoto Machida e Vitor Belfort, antes de perder o cinturão contra Luke Rockhold, em dezembro de 2015. Atualmente, vem de resultado positivo contra Omari Akhmedov no UFC Las Vegas 6, que aconteceu em agosto de 2020.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments