Poirier promete novo desfecho na revanche contra McGregor: 'Sou um lutador diferente'' | SUPER LUTAS

Poirier promete novo desfecho na revanche contra McGregor: ‘Sou um lutador diferente’’

No primeiro confronto, em 2014, o irlandês nocauteou ainda no primeiro round; norte-americano aposta em evolução para dar o troco no UFC 257

D.Poirier diz que evoluiu desde a primeira luta contra C.McGregor, em 2014. Foto/Reprodução: Instagram

Dustin Poirier quer provar que evoluiu desde sua primeira luta contra Conor McGregor, há seis anos, para que conquiste a tão sonhada disputa de cinturão dos leves (até 70.3 kg.). Segundo o norte-americano, o fato de não se importar em dar show para o público faz com que evolua mentalmente e chegue em seu melhor momento para a revanche. O duelo acontece no UFC 257, neste sábado (23), em Abu Dhabi.

Veja Também

“Eu não me importo mais com o que as pessoas aqui pensam, sou um lutador diferente. Eu costumava me importar muito e hoje eu não me importo. Isso é um ‘superpoder’. Não dou a mínima. Quer dizer, seis anos desde que lutamos. Você tem que evoluir para permanecer no topo da divisão por tanto tempo”, disse Poirier durante a coletiva de imprensa do UFC 257.

Apesar de saber o ‘peso’ que uma vitória contra Conor lhe traria, Dustin afirma que não será a luta mais importante de sua vida. O norte-americano considera que um duelo contra o título é mais importante, independente do adversário. Ele também diz que não tem nada contra McGregor.

“Estou tentando provar algo, fazer tudo valer a pena e colocar minha família em uma posição melhor. Isso não é diferente. Eu sei o que uma vitória sobre Conor McGregor significa nos esportes de combate e sei que quem ganhar essa luta estará lutando pelo cinturão e é por isso que eu luto (…) É obviamente uma grande luta, mas lutar pelo título mundial é a maior luta que você pode conseguir, para mim”, disse Poirier.

Aos 32 anos, Dustin Poirier já lutou pelo título da categoria, contra Khabib Nurmagomedov. Após ser derrotado, o norte-americano se recuperou com uma vitória sobre Dan Hooker – que faz a luta co-principal contra Michael Chandler – na decisão unânime dos juízes, em junho de 2020. Atualmente, ele tem um cartel de 26 vitórias, seis derrotas e um empate.

Confira as lutas do UFC 257

CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):

Peso-leve: Dustin Poirier x Conor McGregor

Peso-leve: Dan Hooker x Michael Chandler

Peso-mosca: Jessica Eye x Joanne Calderwood

Peso-leve: Matt Frevola x Ottman Azaitar

Peso-palha: Marina Rodriguez x Amanda Ribas

CARD PRELIMINAR (20h15, horário de Brasília):

Peso-leve: Arman Tsarukyan x Nasrat Haqparast

Peso-médio: Brad Tavares x Antônio Cara de Sapato

Peso-galo: Julianna Peña x Sara McMann

Peso-meio-pesado: Khalil Rountree Jr. x Marcin Prachnio

Peso-médio: Andrew Sanchez x Makhmud Muradov

Peso-pena: Nik Lentz x Movsar Evloev

Peso-mosca: Amir Albazi x Zhalgas Zhumagulov

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments