Uriah Hall planeja combate contra Israel Adesanya e critica ranking do Ultimate: 'É uma piada' | SUPER LUTAS

Uriah Hall planeja combate contra Israel Adesanya e critica ranking do Ultimate: ‘É uma piada’

Jamaicano discorda da avaliação na classificação do UFC e cita 'criatividade' como estratégia para derrotar o campeão dos médios no futuro

U. Hall é o oitavo do ranking dos médios Foto: Reprodução/Instagram

Uriah Hall está disposto a enfrentar Israel Adesanya e se diz pronto para vencê-lo. Segundo ele, o campeão da categoria dos médios (até 83,9kg.) escolhe seus adversários e ainda não provou o suficiente para justificar o posto de um dos melhores lutadores da atualidade. O lutador também revelou que discorda da forma com que o Ultimate ‘monta’ o ranking das divisões.

Veja Também

“Acho que esse cara (Israel Adesanya) só está escolhendo as lutas que ele tenha vantagem. Mas talvez (eu pense assim) porque quero tanto lutar com ele. Eu realmente quero enfrentar e vou pegá-lo. Não sobrou muita gente criativa e atrativa, que tem chances de vencê-lo, como eu tenho”, afirmou Uriah Hall, em entrevista ao ‘MMA Fighting’.

Uriah Hall, que ocupa a oitava colocação no ranking, também fez críticas ao atual sistema de classificação dos atletas adotado pelo Ultimate, o qual classificou como uma ‘piada’.

“É como se alguém dissesse: ‘Bem, você não é digno. Nós aqui pensamos que você é o número oito. Sentimos que você é o número oito. Nunca competimos antes, mas achamos que você é o número oito. Dê o fora daqui’. Quem cria esse sistema de classificação? É uma piada. Então você vai me dizer qual número eu sou? Eu acho que você tem que se sentir o melhor de todos e isso (ranking) não ajuda”, concluiu.

Atualmente, Uriah acumula uma marca de três resultados positivos em sequência, sendo a última sobre o brasileiro Anderson Silva, no UFC Las Vegas 12, em outubro de 2020. O jamaicano estava escalado para medir forças contra Chris Weidman no UFC 258, que ocorre no dia 13 de fevereiro. Porém, seu oponente testou positivo para COVID-19 e foi obrigado a se retirar do combate. Agora, o plano do Ultimate é remarcar a luta para dia 24 de abril, ainda que a nova data não tenha sido oficializada.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments