Karol Rosa e Lara Procópio vão bem e vencem no card preliminar do UFC Las Vegas 18 | SUPER LUTAS

Karol Rosa e Lara Procópio vão bem e vencem no card preliminar do UFC Las Vegas 18

Primeiras brasileiras no octógono deste final de semana, combatentes batem Joselyne Edwards e Molly McCann, respectivamente, por pontos

K. Rosa bateu J. Edwards na decisão unânime dos juízes no UFC Las Vegas 18. Foto: Reprodução/Instagram

O Brasil começou com o pé direito no UFC Las Vegas 18, realizado neste sábado (6), nos Estados Unidos. Com duas representantes, o país ficou com o 100%, no card preliminar, com as vitórias de Karol Rosa e Lara Procópio. As duas lutadoras venceram seus compromissos na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Promessa brasileira para o peso galo (até 61,2kg.), Karol Rosa voltou a fazer bonito no Ultimate. No confronto contra a panamenha Joselyne Edwards, a brasileira não teve vida fácil, mas soube controlar as ações e saiu vencedora na decisão unânime dos juízes.

No primeiro round, a capixaba deixou claro que sua estratégia seria levar o confronto para o chão. Nos segundos iniciais, a brasileira derrubou a rival e dominou por boa parte da etapa. Edwards, no entanto, conseguiu explodir nos momentos finais, se levantou e passou a trocar bons golpes com Rosa, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, a brasileira, por vezes, se arriscou aceitou a trocação franca contra a panamenha treinada por Rafael Cordeiro. Por vezes em desvantagem, Karol voltou a derrubar e controlou com inteligência até o fim do assalto.

O round final foi amplamente dominado pela brasileira, que não deu chances à Edwards, levando, novamente, o duelo para o chão, dominando até o fim e sem sustos.

Com o resultado, Rosa emplaca seu terceiro resultado positivo em sequência e se aproxima do top 15 do grupo liderado por Amanda Nunes. Karol não sabe o que pe perder há quatro compromissos.

Com estreia pelo Ultimate em janeiro, Joselyne sofreu seu primeiro revés na companhia.

Lara Procópio leva susto, mas supera rival e ‘desencanta’

L. Procópio (dir.) venceu a primeira com as luvas do Ultimate no UFC Vegas 18. Foto: Reprodução/Instagram

Atuando no peso mosca (até 56,7kg.), Lara Procópio levou susto, mas superou as dificuldades na luta contra Molly McCann. Atuando de forma inteligente, a mineira usou sua técnica no chão para dominar a rival por dois rounds e deixar o octógono com uma vitória por pontos (decisão unânime).

No primeiro round, Procópio cumpriu a estratégia proposta e dominou a adversária por quase cinco minutos. A segunda etapa acabou sendo um pesadelo para a brasileira nos minutos finais, já que a inglesa quase surpreendeu a mineira com uma chave de braço encaixada. Lara, no entanto, mostrou calma e conseguiu sair da posição.

No último assalto, a brasileira seguiu as instruções do técnico Dedé Pederneiras e lutou de forma segura. Logo no início, Lara levou o confronto para o chão e dominou o restante do confronto, quase finalizando com uma chave de calcanhar.

Com o resultado, Procópio conquistou seu primeiro resultado positivo em duas apresentações com as luvas do Ultimate.

Após a luta, McCann, desapontada, deixou as luvas no octógono, sugerindo uma aposentadoria. O revés para a mineira marcou o segundo resultado negativo em sequência para a inglesa.

Seungwoo Choi bate Youssef Zalal por pontos em luta equilibrada

S. Choi em vitória no UFC Las Vegas 18. Foto: Reprodução/Instagram

No encontro entre Seungwoo Choi e Youssef Zalal, válido pela divisão dos penas, os espectadores acompanharam um dos confrontos mais equilibrados do card preliminar. No entanto, sul-coreano conseguiu cumprir as melhores ações e acabou saindo vencedor na por pontos.

Com o resultado, Seungwoo respira aliviado no Ultimate. Mesmo vindo de vitória, o sul-coreano perdeu nas suas duas primeiras apresentações com as luvas da companhia. Agora, o combatente soma dois triunfos e dois reveses no UFC.

Enquanto uns comemoram, outros lamentam. Visivelmente frustrado após o anúncio oficial da derrota, Zalal acabou sofrendo a segunda derrota seguida na organização. O atleta, hoje, soma três resultados positivos e dois negativos no Ultimate.

 Timur Valiev domina Martin Day e vence primeira no Ultimate

T. Valiev (dir.) derrotou M. Day (esq.) por pontos no UFC Las Vegas 18. Foto: Reprodução/Instagram

Representante do peso pena (até 65,7kg.), Timur Valiev não teve dificuldades no confronto contra Martin Day. Em uma apresentação dominante, o atleta não deu chances ao rival e saiu com o triunfo na decisão unânime dos juízes após três rounds.

Com estreia pelo Ultimate em agosto de 2020, Timur acabou com uma ‘luta sem resultado’ em seu debute. Quase seis meses depois, então, o triunfo. Além da vitória, Valiev atingiu a marca de oito apresentações sem derrotas.

Martin Day, que tinha a obrigação de vencer neste final de semana, acabou se complicando de vez na organização. Com a derrota, o norte-americano acabou somando o quarto resultado negativo em sequência e corre sério risco de ser dispensado pela organização.

Ode Osbourne atropela Jerome Rivera com nocaute relâmpago

O. Osbourne nocauteou J. Rivera no UFC Las Vegas 18. Foto: Reprodução/Instagram

Na luta que abriu o espetáculo, um nocaute relâmpago. Em sua segunda apresentação no Ultimate, Ode Osbourne conseguiu o primeiro triunfo pela organização e a vitória veio de forma emblemática. Com apenas 26 segundos, o norte-americano conseguiu um nocaute e se colocou como forte candidato a um dos bônus de ‘Performance da Noite’.

Com 29 anos, esta foi a 14ª apresentação de Osbourne desde seu debute como profissional no MMA. O atleta chegou ao 10º resultado positivo e, após um grande feito, desafiou o irmão de Deiveson Figueiredo, Francisco, recém-chegado na companhia.

Derrotado pelo próprio Francisco em janeiro, Jerome se complicou de vez dentro da companhia com o novo revés. O atleta, agora, tem três derrotas consecutivas e pode integrar a temida lista de dispensas na organização.

Resultados do UFC Las Vegas 18

CARD PRINCIPAL

Peso pesado: Alexander Volkov derrotou Alistair Overeem por nocaute técnico a 2m36s do R2

Peso galo: Cory Sandhagen derrotou Frankie Edgar por nocaute a 28seg. do R1

Peso leve: Clay Guida derrotou Michael Johnson na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Alexandre Pantoja derrotou Manel Kape na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso leve:  Beneil Dariush derrotou Carlos Diego Ferreira na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso meio-pesado: Danilo Marques finalizou Mike Rodriguez com um mata-leão a 4m52s do R2

CARD PRELIMINAR 

Peso casado: Devonte Smith derrotou Justin Jaynes por nocaute técnico (interrupção médica) a 3m38s do R2

Peso galo: Karol Rosa derrotou Joselyne Edwards na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Peso mosca: Lara Procópio derrotou Molly McCann na decisão unânime dos juízes (29-27, 29-28, 30-27)

Peso pena: Seungwoo Choi derrotou Youssef Zalal na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 29-28)

Peso pena: Timur Valiev derrotou Martin Day na decisão unânime dos juízes (30-25, 30-26, 30-25)

Peso pena: Ode Osbourne derrotou Jerome Rivera por nocaute a 26seg. do R1

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments