Nate Diaz mostra interesse em combate contra Charles do Bronx: 'Gosto dos vencedores' | SUPER LUTAS

Nate Diaz mostra interesse em combate contra Charles do Bronx: ‘Gosto dos vencedores’

Norte-americano, no entanto, destacou que quer lutar nos meio-médios; ele também cita Dustin Poirier como outra possibilidade

N. Diaz quer lutar contra C. do Bronx. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Após período de inatividade em 2020, Nate Diaz já mira o próximo passo da carreira. Para voltar a atuar, o norte-americano diz que tem interesse em enfrentar Charles do Bronx. Porém, o combate ideal ao ‘bad-boy’ seria pelos meio-médios (até 77kg.). A declaração foi dada em entrevista recente à ‘ESPN‘.

Veja Também

“Estou tentando lutar contra os caras que estão ganhando e acho que Charles do Bronx é a melhor luta no momento. Ele acabou de vencer (Tony) Ferguson e é quem eu quero enfrentar agora. Gosto dos vencedores porque também sou um vencedor. Não perdi para ninguém. Estou tentando lutar contra os caras que estão ganhando”, afirmou Nate Diaz.

Além do brasileiro, Nate também citou o nome de Dustin Poirier como um possível oponente.

“Agora é a hora certa de lutar. Devíamos ter lutado há muito tempo e agora as estrelas estão alinhadas. Estou esperando por uma luta onde as pessoas estejam prontas e agora é a hora. Não vou bancar um cara legal como Conor McGregor acabou de fazer com ele. Acho que uma briga comigo seria mais real, uma situação mais séria para ele. Eu não acho que ele poderia dormir com isso”, completou o lutador.

Apesar de revelar o interesse de enfrentar dois importantes nomes da categoria dos leves e o presidente da companhia, Dana White, dizer que ele volta a lutar na divisão, o norte-americano diz que há apenas o interesse de lutar nos meio-médios no momento.

“Não, não estou lutando no peso leve. Eu lutarei provavelmente nos meio-médios ou até nos médios. Não tenho nada que esteja buscando na divisão. Eu sinto que já fiz tudo lá”, concluiu.

Nate Diaz não entra em ação desde 2019. Na ocasião, o norte-americano foi derrotado por Jorge Masvidal no UFC 244. O combate foi um dos mais aclamados da temporada. Aos 35 anos, ele conta com um cartel de 20 vitórias e 12 derrotas.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments