Usman confirma Durinho como seu adversário mais difícil, mas afirma: 'Ainda não é sua hora' | SUPER LUTAS

Usman confirma Durinho como seu adversário mais difícil, mas afirma: ‘Ainda não é sua hora’

Campeão dos meio-médios analisa confronto contra brasileiro neste sábado, pelo UFC 258

K. Usman (esq.) tentará manter o cinturão contra G. Durinho no UFC 258. Foto: Reprodução/Instagram

Presentes a colocar seu cinturão em jogo pela terceira vez, Kamaru Usman não esconde o respeito por Gilbert Durinho, seu adversário deste sábado (13), pelo UFC 258. Em entrevista ao ‘media day’, com participação do SUPER LUTAS, o campeão dos meio-médios (até 77kg.) admitiu que o antigo companheiro de treinos será seu compromisso mais complicado em sua carreira no MMA. O ‘Pesadelo Nigeriano’, no entanto, mostrou confiança no resultado positivo.

Veja Também

“Com certeza, agora, ele é o cara mais perigoso da divisão. Primeiro, porque tem o elemento de ele já ter me sentido antes. Obviamente, era um treinamento, mas ele já me sentiu. Ele tem uma ideia da maneira que eu me movimento. Ele está ultra confiante. É ‘o cara”, afirmou o campeão.

Ainda elogiando seu rival deste final de semana, Usman afirmou que o brasileiro não é um grande desafio apenas pelas suas qualidades na luta agarrada. Com exemplos, o nigeriano ressaltou o motivo que faz do niteroiense um oponente de alto risco.

“Não é por causa do seu grappling. Demian Maia é, provavelmente, o melhor grappler que já existiu no MMA (trocaram forças em 2018). Eu enfrentei Serginho Moraes (2017), outro grappler incrível. Ele (Durinho) não é perigoso apenas pelo seu grappling. Ele é perigoso porque já me sentiu antes e pela sua grande confiança de que ele pode conquistar o cinturão. Então, é meu trabalho deixar ele saber que ainda não é a sua hora”, disse Kamaru.

Invicto em sua trajetória no Ultimate, Usman terá a oportunidade de fazer história neste sábado. Caso supere o brasileiro na luta principal, o campeão irá superar a marca de Georges St-Pierre, com 13 vitórias consecutivas.

Aos 33 anos, Usman soma 18 compromissos como profissional no MMA, com 17 vitórias e um revés. Durinho, de 34, tem 19 resultados positivos e três negativos, em 22 apresentações.

Podcast #017: Qual o tamanho da vitória de Anderson Silva sobre Julio Cesar Chavez Jr no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments