Nocaute sobre Durinho rende a Usman mais de R$265 mil por bônus de 'Performance da Noite', no UFC 258 | SUPER LUTAS

Nocaute sobre Durinho rende a Usman mais de R$265 mil por bônus de ‘Performance da Noite’, no UFC 258

Campeão fatura um dos prêmios por sua atuação após manter título em Las Vegas; Polyana Viana, Anthony Hernandez e Julian Marquez também levam ‘bolada’

K. Usman (foto) superou G. Durinho no UFC 258. Foto: Reprodução/Instagram

Motivo a mais para sorrir. Depois de superar Gilbert Durinho e manter o cinturão dos meio-médios (até 77kg.) no UFC 258, realizado neste sábado (13), em Las Vegas (EUA), Kamaru Usman foi um dos agraciados pelos bônus de US$50 mil (cerca de R$268,5 mil). Junto à Polyana Viana, Anthony Hernandez e Julian Marquez, o nigeriano faturou o prêmio de ‘Performance da Noite’. A informação foi divulgada à imprensa pela assessoria do Ultimate.

Veja Também

Usman subiu ao octógono para mostrar mais uma vez ao mundo o porquê de estar no topo da categoria até 77kg. Contra Durinho, que atravessa grande fase na carreira, o nigeriano fez valer a força física e grande técnica, derrotando o brasileiro com um nocaute no terceiro round. O triunfo marcou a terceira defesa de cinturão do lutador.

Única brasileira a vencer no espetáculo, Polyana Viana fez bonito no UFC 258. Contra Mallory Martin, a ‘Dama de Ferro’ deu um verdadeiro show de jiu-jitsu e venceu a rival com uma finalização em menos de quatro minutos. O triunfo confirmou a boa fase da paraense, que passou por um momento complicado na empresa, chegando a perder três consecutivas. Agora, a atleta tupiniquim soma dois resultados positivos em sequência.

Responsável pela grande ‘zebra’ do evento, Anthony Hernandez fez por merecer os US$50 mil extra. Na luta que fechou o card preliminar, o norte-americano fez história ao finalizar Rodolfo Vieira, considerado um dos maiores nomes da história do jiu-jitsu. Azarão nas casas de apostas, Hernandez não só obrigou o brasileiro a bater em desistência como encerrou a invencibilidade do carioca no MMA.

De volta ao octógono após mais de dois anos afastado, Julian Martin teve o retorno dos sonhos no Ultimate. Após perder os dois primeiros rounds no confronto contra Maki Pitolo, o norte-americano conseguiu uma grande virada e finalizou o rival no último assalto. Antes de encaixar o estrangulamento, no entanto, o combatente mostrou muito coração para suportar as investidas do adversário, que teve a vitória na mão por boa parte da disputa.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments