Sem falsa modéstia, carrasco de Rodolfo Vieira analisa vitória no UFC 258: ‘Isso não é jiu-jitsu’

Dono da ‘Zebra da Noite’, Anthony Hernandez bateu a lenda da ‘arte suave’ no segundo round, tirando a invencibilidade do carioca no MMA

A. Hernandez (foto) comemora vitória sobre R. Vieira no UFC 258. Foto: Reprodução/Instagram

Dono de uma das maiores ‘zebras’ do MMA nos últimos anos, Anthony Hernandez não pareceu surpreso após o resultado positivo sobre Rodolfo Vieira no UFC 258. Carrasco do brasileiro na luta que encerrou o card preliminar, o norte-americano dispensou a modéstia na entrevista depois da vitória. Segundo o atleta, o triunfo era previsto para ele e sua equipe.

Veja Também

“Eu sabia que o finalizaria. Eu disse isso aos meus treinadores no começo da luta. Eles me disseram para não fazer isso, mas aconteceu”, disse o atleta, em trecho traduzido pelo ‘Combate’.

A surpresa pelo resultado positivo do norte-americano se deu muito em função da aposta do Ultimate sobre Vieira. Lenda do jiu-jitsu e chamado de ‘Caçador de Faixa Preta’, o brasileiro seguia construindo uma trajetória de sucesso dentro do MMA. A fama do carioca, no entanto, não afetou o psicológico de Anthony para o embate.

“Ele ser campeão do ADCC não significa nada para mim. Mas acho que foi um grande feito. Luta é luta. Quando você pode golpear alguém as coisas mudam de figura. Isso aqui não é jiu-jítsu”, disparou.

Além de chamar a atenção do mundo para sua vitória, Hernandez respirou aliviado depois do grande feito. O atleta subiu no octógono pressionado por duas derrotas em três compromissos dentro do Ultimate.

Rodolfo, que estava invicto em sete lutas nas artes marciais mistas, conheceu de maneira dura o primeiro revés. O brasileiro, agora, soma dois resultados positivos e um negativo com as luvas do UFC.

Podcast #034: A volta de Borrachinha ao UFC e a possível aposentadoria de Fedor

Comentários

Deixe um comentário