Cormier não poupa Borrachinha e é duro ao criticar brasileiro por declaração sobre derrota para Adesanya | SUPER LUTAS

Cormier não poupa Borrachinha e é duro ao criticar brasileiro por declaração sobre derrota para Adesanya

Ex-campeão do UFC se manifestou contra o mineiro, que afirmou ter lutado 'meio bêbado' contra o campeão dos médios

D. Cormier em coletiva de imprensa  Foto: Reprodução/Instagram @dc_mma

A declaração de Paulo Borrachinha de que teria lutado ‘meio bêbado’ na sua derrota para Israel Adesanya, no UFC 253, não repercutiu bem na comunidade do MMA. Um dos que não acreditaram na desculpa do brasileiro, foi o ex-campeão dos meio pesados (até 93kg) e dos pesados (até 120,2 kg) Daniel Cormier. Em entrevista à ‘ESPN‘ americana, ‘DC’ afirmou que foi uma das piores justificativas para uma derrota que já ouviu.

Veja Também

“É uma piada, é uma piada absoluta. Ele está fora de si. Esse Paulo Costa (Borrachinha) vai me matar quando me encontrar. Ele disse algumas das coisas mais idiotas que já ouvi em toda a minha vida. Eu não sei quem está aconselhando este jovem. Isso é o que você diz depois, porque não teve tempo para pensar em uma desculpa. Demorou seis meses para você pensar em dizer que ficou bêbado e bebeu muito vinho. Quem mandou ele dizer isso?”, criticou Cormier.

No último domingo (28), Borrachinha declarou em seu canal no YouTube, que a sua atuação abaixo da média no UFC 253 foi por estar ‘meio bêbado’ (palavras do atleta). O peso médio alegou que teve dificuldades para dormir e que para isso bebeu uma garrafa de vinho, o que teria feito com que ele entrasse no octógono ‘de ressaca’.

Em sua próxima luta, o mineiro irá enfrentar o ex-campeão da categoria e atual número um do ranking Robert Whitakker. O duelo será a luta principal do UFC Las Vegas 24 e acontecerá no dia 17 de abril.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments