Com luta neste sábado, Edwards fala sobre tempo afastado e analisa confronto contra Belal Muhammad | SUPER LUTAS

Com luta neste sábado, Edwards fala sobre tempo afastado e analisa confronto contra Belal Muhammad

Numero três do ranking dos meio-médios destrinchou o possível plano de jogo do seu adversário e comentou sobre o seu período de inatividade

l. Edwards enfrentará B. Muhammad no próximo sábado (13) Foto: Reprodução/Instagram

Após quase dois anos sem lutar, Leon Edwards, enfim, está de volta. No UFC Las Vegas 21, que acontece neste sábado (13), o inglês enfrenta Belal Muhammad, em duelo válido pela categoria dos meio-médios (até 77 kg). Empolgado com o retorno, o combatente falou sobre o período de inatividade e analisou o confronto contra o norte-americano, que pode levá-lo a uma disputa de cinturão.

Veja Também

“É incrível estar de volta e estou ansioso para competir e mostrar aos fãs que melhorei. Fiquei frustrado (por estar parado), mas usei esse um ano e meio para melhorar, me aperfeiçoar. Os atletas do top-15 são parecidos. Quem lutar comigo, vai tentar me quedar. (Khamzat) Chimaev é wrestler e Muhammad é parecido. Quando Chimaev saiu da luta (em consequência da Covid-19), não quis esperar por ele e aceitei Muhammad. A primeira opção era (Colby) Covington. Analisamos a lista, todos se machucaram ou recusaram a luta e Belal aceitou. Não estou focado em uma disputa de título e sim nesse combate”, declarou o inglês, em entrevista ao ‘media day‘.

Com uma sequência de oito vitórias seguidas, Leon Edwards ostenta o posto de número três do ranking da divisão. Sua última derrota foi em dezembro de 2015, quando foi derrotado por Kamaru Usman, quando o nigeriano ainda não detinha o cinturão.

Embora não troque forças contra um adversário do topo da divisão, o inglês tem motivos para se animar. O presidente do UFC, Dana White, afirmou em entrevista após o UFC 259, que caso vença Muhammad, Leon poderá o título dos meio-médios.

Adversário do ‘Rocky‘, Belal Muhammad, vive grande fase no Ultimate. Vindo de quatro triunfos consecutivos, seu último revés aconteceu em janeiro de 2019, quando foi derrotado por Geoff Neal. O norte-americano é atualmente o décimo terceiro colocado do grupo liderado por Kamaru Usman.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments