Colby Covington explica motivo que o fez recusar luta contra Leon Edwards | SUPER LUTAS

Colby Covington explica motivo que o fez recusar luta contra Leon Edwards

Ex-campeão interino dos meio-médios (até 77 kg) contou sobre as razões que o fizeram não aceitar o combate contra o atleta inglês com pouco tempo de preparação

C. Covington foi campeão interino dos meio-médios. (Foto: Reprodução Facebook Colby Covington)

Antes de Belal Muhammad aceitar substituir Kamzat Chimaev e enfrentar Leon Edwards no UFC Las Vegas 21, no último sábado (13), Colby Covington recebeu o convite para o duelo e declinou. Em entrevista ao programa ‘Submission Rádio‘, o ex-campeão interino dos meio-médios (até 77,1kg) explicou os motivos que o levaram a recusar a proposta e afirmou que o presidente do UFC, Dana White, não ficou muito feliz com a sua negativa.

Veja Também

“Pedi um pouco mais do que estava no meu contrato. Eu não ia aparecer por um salário normal para enfrentar aquele cara. Para eu poder lutar no meu melhor, eu preciso de uma preparação adequada. Então, esse combate nunca iria acontecer, a menos que o UFC fosse pagar bem para isso”, declarou ‘Chaos‘.

O meio-médio também contou que o ‘chefão’ do Ultimate não reagiu muito bem a sua negativa. Porém, Colby pareceu não se importar com a reação do mandatário e afirmou que fez por merecer estar nessa posição de poder recusar determinadas lutas.

“Acho que o Dana não gostou muito (da recusa). Ele apenas disse ‘ok’ e simplesmente desligou. Eu não estou nesse negócio para fazer caridade. Mereço o que ganhei. Olhem para o meu cartel. Eu derrotei ex-campeões, derrotei grandes atletas. Eu estou nas maiores lutas, nas maiores vendas. Sou a grande atração da empresa”, completou Covington.

Com um cartel atual de 16 vitórias e duas derrotas, Colby Covington se tornou campeão interino dos meio médios após vencer Rafael Dos Anjos no UFC 225, em junho de 2018. Na unificação dos títulos, foi derrotado, por pontos, pelo dono do cinturão linear, Kamaru Usman. Em seu último combate, triunfou sobre Tyron Woodley, em setembro de 2020.

 

 

 

 

A queda do ‘Império Pitbull’ no Bellator e a prévia para o UFC 265

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments