Cejudo volta a 'ligar metralhadora' e propõe luta inusitada contra Deiveson e irmão | SUPER LUTAS

Cejudo volta a ‘ligar metralhadora’ e propõe luta inusitada contra Deiveson e irmão

Norte-americano afirma que enfrentaria os ‘Figueiredo’ no mesmo embate; atleta quer retomar carreira, mas pede compensação

H. Cejudo (foto) pode estar próximo de seu retorno ao MMA. Foto: Reprodução/Twitter @HenryCejudo

Ele não para. Depois de fazer um desafio inédito a Max Holloway, Henry Cejudo voltou a ‘ligar sua metralhadora’ e propôs um confronto, no mínimo, inusitado. Ex-duplo-campeão do UFC, o norte-americano se ofereceu para um embate contra Deiveson Figueiredo e seu irmão, Francisco – recentemente integrado ao Ultimate. Em entrevista ao ‘Combate’, o ‘Triplo C’ narrou como seria promovido o espetáculo.

Veja Também

“Quando eu voltar, vou voltar pra pegar todo o meu ouro, mas sabe o que eu gostaria de realmente fazer? Gostaria de lutar com o Deiveson Figueiredo e seu irmão. Os dois patinhos chatos, gêmeos feios. Gostaria de trocar cada round com esses caras; um round o Deiveson, no outro o irmão, no outro o Deiveson, no outro o irmão e, depois, os dois juntos no quinto round”, disparou Henry.

Bizarrices à parte, não é de hoje que Cejudo vem citando o nome do ‘Deus da Guerra’, atual campeão dos moscas (até 56,7kg.). No fim de 2020, o brasileiro desafiou publicamente o norte-americano, que passou a responder às investidas do paraense. Para o campeão olímpico, Deiveson pode, de fato, ser um futuro rival.

“Eu vou para o Brasil pra treinar com vocês. Muito do meu sucesso vem do Brasil. Se o Deiveson Figueiredo quiser lutar comigo, vamos falar com o seu empresário e vamos fazer essa luta acontecer, mas mostrando o dinheiro”, finalizou.

Aposentado desde maio da temporada passada, quando atropelou Dominick Cruz e defendeu o título dos galos (até 61,2kg.), Henry não esconde que deve voltar ao esporte. O lutador, no entanto, segue sem definir a categoria de peso em que irá atuar. Hoje, com 34 anos, o ‘Triplo C’ ostenta um cartel com 16 triunfos e dois reveses nas artes marciais mistas.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments