Belal Muhammad cogita luta contra Demian Maia, caso não aconteça a revanche com Leon Edwards | SUPER LUTAS

Belal Muhammad cogita luta contra Demian Maia, caso não aconteça a revanche com Leon Edwards

Vítima de uma dedada no olho aplicado pelo inglês no UFC Las Vegas 21, norte-americano abre as portas para enfrentar o brasileiro

B. Muhammad (foto) acabou protagonizando momentos de tensão na luta contra L. Edwards. Foto: Reprodução/Instagram

Diante da indefinição sobre uma revanche contra Leon Edwards, Belal Muhammad não pretende esperar muito pela decisão do Ultimate. O meio-médio (até 77,1kg) afirmou que gostaria de enfrentar o brasileiro Demian Maia, caso não seja escalado para enfrentar o inglês. A declaração foi feita em entrevista ao site ‘MMA Junkie‘.

Veja Também

“Sinto que mereço estar em uma  luta principal por aceitar o combate em cima da hora (contra Edwards). Um lutador que eu gostaria de enfrentar é o Demian Maia. Ele está no top-10 e sinto que mereço enfrentar alguém desse nível depois de vencer quatro lutas seguidas. Esse combate faz sentido. Ainda não lutei com um especialista em jiu-jítsu no UFC, então isso me empolga. Encarar uma lenda como Demian, seria bem legal” , afirmou o atleta de 31 anos.

Com um histórico no MMA profissional de 18 vitórias e três derrotas, Belal Muhammad ocupa atualmente a 13ª colocação no ranking da categoria. Seu último combate, na luta principal do UFC Las Vegas 21, no dia 13 de março, terminou em ‘No Contest‘, devido a um golpe ilegal aplicado por Leon Edwards.

Após o duelo, o norte-americano exigiu uma revanche, porém o inglês afirmou que deseja disputar o titulo da categoria, pois acredita que estava vencendo o combate até a interrupção. Ao tomar conhecimento das declarações de ‘Rocky‘, Belal o criticou e os dois intensificaram a troca de provocações através da imprensa e redes sociais.

Referência na transição do jiu-jitsu do MMA, Demian Maia não nega que está próximo da sua aposentadoria. Aos 43 anos, o ex-desafiante ao cinturão do UFC nos médios (até 83,9kg.) e meio-médios não luta desde a dura derrota sofrida para Gilbert Durinho, em março de 2020. Hoje, o paulista ocupa o oitavo lugar no grupo liderado por Kamaru Usman.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments