Dana White cita 'motivação' de Miesha Tate, mas descarta retorno de Ronda Rousey ao MMA | SUPER LUTAS

Dana White cita ‘motivação’ de Miesha Tate, mas descarta retorno de Ronda Rousey ao MMA

Mandatário diz que cenário feminino no Ultimate está diferente e pode ter influenciado no retorno da 'Cupcake'

D. White em coletiva de imprensa do UFC 260. Foto: Reprodução/YouTube

A ex-campeã peso galo (até 65,7kg.) do Ultimate, Miesha Tate, surpreendeu ao anunciar seu retorno ao MMA. Às vésperas do UFC 260, a ‘Cupcake’ foi escalada para enfrentar Marion Reneau, no dia 17 de julho. Questionado sobre o assunto, o presidente do Ultimate, Dana White, diz que a situação no cenário feminino mudou desde sua aposentadoria, mas descartou possibilidade de Ronda Rousey seguir os mesmos passos.

Veja Também

“Acho que (a volta de Miesha Tate) é por dinheiro. Não sei qual é o motivo dela, mas as mulheres ficaram um pouco diferentes quando se aposentaram. Ela saiu, começou uma família e estava há cinco anos longe do octógono. Será interessante ver como ela se sai. Acho que ela vai se dar bem”, afirmou Dana White em coletiva de imprensa do UFC 260.

Marcada por seus altos e baixos em sua carreira, Miesha Tate também atraiu aos olhares do público por sua grande rivalidade contra Ronda Rousey. Porém, a ‘Cupcake’ foi finalizada em ambas as oportunidades. Com seu retorno, houve uma especulação de que sua antiga adversária também pudesse estar de volta. A possibilidade, no entanto, logo foi desmentida por Dana White.

“Nem comecem, rapazes. Com certeza, positivamente, (Ronda Rousey) nunca mais vai voltar”, concluiu o mandatário.

Aos 34 anos, Miesha Tate volta ao octógono cinco anos após se aposentar. Ex-campeã do Ultimate, a norte-americana foi a última campeã dos pesos galos antes do domínio de Amanda Nunes. Em sua carreira, são 24 lutas, com 18 vitórias e seis derrotas.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments