Chael Sonnen provoca Jon Jones e diz que Derrick Lewis deveria disputar o cinturão dos pesados | SUPER LUTAS

Chael Sonnen provoca Jon Jones e diz que Derrick Lewis deveria disputar o cinturão dos pesados

Atualmente aposentado, o 'Bad Boy' alfinetou o ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg) e deu o seu palpite sobre o próximo desafiante de Francis Ngannou

C. Sonnen em entrevista coletiva no Bellator (Foto:Reprodução/Facebook Bellator)

A discussão sobre o possível duelo entre Jon Jones e Francis Ngannou pelo cinturão dos pesados (até 120,2kg) continua repercutindo na comunidade do MMA. Em declaração dada em seu ‘Twitter‘, o ex-lutador Chael Sonnen também comentou sobre o assunto. O ‘bad boy‘ lembrou das polêmicas de ‘Bones‘ ao longo da carreira e sugeriu que Derrick Lewis seja o primeiro desafiante do franco-camaronês.

Veja Também

“Se você é um ‘ex-lutador’ que não consegue escolher uma categoria ou um oponente, tem várias prisões e testes de drogas reprovados, você é o problema. Estas são as razões pelas quais (Derrick) Lewis merece a chance (pelo cinturão): melhor para o esporte, para os fãs e para o UFC”, escreveu Sonnen.

Meses após vencer Dominick Reyes, em fevereiro de 2020, Jones abandonou oficialmente o cinturão dos meio-pesados (até 93kg) e anunciou a subida de categoria. Mesmo sem estrear na nova divisão, ‘Bones‘ foi confirmado por Dana White como próximo desafiante. Depois UFC 260, porém, houve troca de farpas entre o ex-campeão e o mandatário, que o acusou de ‘não demonstrar vontade’ e ‘se manifestar apenas nas redes sociais’.

Aos 33 anos, Jones é considerado por muitos como o melhor lutador de MMA de todos os tempos. Lenda absoluta do grupo até 93kg., ‘Bones‘ reinou na divisão por cerca de 10 anos.

Desde agosto de 2020, a lenda se prepara para o debute nos pesados. Após o UFC 260, porém, as negociações entre o atleta e a organização devem se complicar.

Elogiado por Sonnen, Derrick Lewis vive um grande momento na carreira. Atual número dois no ranking até 120,2kg., o ‘gigante’ vem de quatro vitórias consecutivas e carrega o trunfo de já ter vencido o novo campeão, Ngannou, em 2018.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments