Prestes a confirmar trilogia com Poirier, Conor sugere a criação do 'Cinturão McGregor', válido para a luta | SUPER LUTAS

Prestes a confirmar trilogia com Poirier, Conor sugere a criação do ‘Cinturão McGregor’, válido para a luta

Em negociações para o novo confronto contra o norte-americano, irlandês brinca sobre título simbólico em evento histórico

C. McGregor está próximo de ter sua trilogia com D. Poirier confirmada para o UFC 264. Foto/Reprodução: Instagram

Em negociações avançadas para a trilogia contra Dustin Poirier, Conor McGregor voltou a dar sinais de que pode reassumir sua postura provocadora. Perto de confirmar o novo embate contra o norte-americano para o UFC 264, que acontece em 10 de julho, o irlandês sugeriu que o confronto fosse válido por um cinturão simbólico que levaria seu nome. Em sua conta no ‘Twitter’, o ‘Notório’, inclusive, deu detalhes de como gostaria que fosse o objeto.

Veja Também

“Acho é hora de criar este bebê para a próxima luta. Peçam ao UFC para, por favor, criar o ‘Cinturão McGregor’. Eu sugiro ouro rosa com rubis”, escreveu o lutador, revivendo um vídeo de anos atrás, quando viveu seu auge e propôs a ideia pela primeira vez.

Na ocasião, McGregor havia se tornado um verdadeiro fenômeno do MMA. Com vitórias imponentes e capacidade ímpar de promover seus duelos, o irlandês havia afirmado deveria possuir um título que levasse seu nome.

“Não importa de qual categoria de peso seja, ou quantos cinturões estejam em disputa. Eu deveria criar meu próprio cinturão, porque eu sou meu próprio cinturão. Não importa a divisão: peso pena, médio, meio-médio, é o ‘Cinturão McGregor’. É isso. Luto pelo meu próprio título”, disse Conor, à época.

Embora esteja, aparentemente, retomando a confiança, McGregor deverá apagar a impressão causada em seu último compromisso. Em janeiro, quando aceitou encarar Dustin pela segunda vez após mais de cinco anos, o ex-duplo-campeão do Ultimate acabou sucumbindo ao boxe de excelência do rival, sendo nocauteado pela primeira vez na carreira.

Agora, o lutador busca a redenção. Para isso, o ‘Notório’ precisará se reinventar para que, assim, possa voltar a sonhar com o trono do peso leve (até 70,3kg.).

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments