De volta ao UFC, Miesha Tate explica os motivos que a fizeram decidir se aposentar | SUPER LUTAS

De volta ao UFC, Miesha Tate explica os motivos que a fizeram decidir se aposentar

Ex-campeão dos galos (até 61,2kg), a norte-americana contou detalhes sobre como estava se sentindo quando optou por pendurar as luvas, em 2016

M. Tate oficializou o seu retorno ao MMA. Foto: Reprodução/Facebook mieshatate

Após quatro anos de aposentadoria, Miesha Tate decidiu retomar a carreira e voltar ao UFC. Com a surpreendente notícia do seu retorno, a ex-campeã dos galos (até 61,2kg) explicou os motivos que a levaram a tomar a decisão de pendurar as luvas, em 2016. A declaração foi dada em entrevista a ‘ESPN‘ americana.

Veja Também

“Eu só não era capaz de me envolver na luta do jeito que eu queria. Isso foi muito deprimente. Eu estava cansada mentalmente e emocionalmente. Precisava tirar um tempo de tudo, me separar de todas as coisas que estavam mexendo com a minha cabeça. Então eu fiz isso”, declarou Miesha.

A ‘Cupcake‘ contou sobre o desgaste mental que o esporte de alto nível traz aos atletas. Tate declarou que estava muito desgastada emocionalmente, e que não estava no seu melhor momento em sua última luta profissional, contra Raquel Pennington.

“Você tem que dar tudo para este esporte. O lutador tem que dar o máximo que puder. mas quando você está muito desgastado mentalmente e emocionalmente, chega um ponto em que você simplesmente não está 100%. Foi assim que eu me sentia quando lutei com Raquel (Pennington)”, finalizou Tate.

Em seu primeiro combate após o seu retorno ao octógono, Miesha irá enfrentar Marion Reneau, em duelo confirmado para o dia 17 de julho. Caso vença a norte-americana, a atleta de 34 anos pode entrar no ranking da categoria que já foi líder.

Com um cartel de 18 vitórias e sete derrotas, Tate afirmou que busca ser campeã novamente da divisão dos galos. Em março de 2016, a ‘Cupcake‘ venceu Holly Holm e conquistou o cinturão da categoria. Seu último combate, foi a derrota para Raquel Pennington, em novembro do mesmo ano.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments