Prestes a disputar o título no ONE, Demetrious afirma não ter nada a provar a Dana | SUPER LUTAS

Prestes a disputar o título no ONE, Demetrious afirma não ter nada a provar a Dana

Lenda dos moscas no Ultimate, o 'Mighty Mouse' declarou que os fãs reconhecem as suas habilidade e que não tem nada a mostrar para o antigo patrão

D. Johnson cita J. Jones como melhor lutador da história do MMA. Foto: Reprodução/Instagram

Prestes a disputar o título dos pesos moscas (até 56,7kg) do ONE Championship, contra Adriano Moraes, Demetrious Johnson parece ter esquecido a má relação que manteve, por anos, com seu antigo chefe, Dana White. Em novo momento, o norte-americano, afirmou que está focado apenas na sua carreira e que não tem nada a mostrar ao presidente do UFC. A declaração foi dada em coletiva antes do show, que acontece nesta quinta-feira (7).

Veja Também

“Eu sei que os fãs reconhecem a minha habilidade. Mostrei isso nas minhas últimas lutas. Eu só vou entrar lá e fazer o meu jogo. Não estou preocupado em mostrar nada para Dana White”, declarou ‘DJ‘.

A saída de Demetrious do UFC, apesar de ter sido amigável, não foi de forma tão tranquila. Após a oficialização da troca entre Johnson e Ben Askren, Dana White fez elogios ao lutador, mas, afirmou que o fãs não se interessavam de vê-lo lutar.

“Eu tinha um cara que era completamente dominante, toda vez que ele lutava, era emocionante e sempre ia para o final, mas as pessoas não ligavam. Ninguém se importava com Demetrious Johnson”, afirmou Dana na época.

Lenda do peso mosca, o norte-americano encerrou sua passagem pelo Ultimate após sete anos na organização. Em setembro de 2012,  ‘DJ’ conquistou o cinturão inaugural grupo até 56,7kg. com uma vitória sobre Joseph Benavidez. Desde então, foram 11 defesas de título, recorde da empresa até hoje. O ‘Mighty Mouse‘ foi destronado por Henry Cejudo, em agosto de 2018.

O lutador de 34 anos estreou no ONE Championship em março de 2019 e venceu o Grand Prix dos moscas após vencer três lutas consecutivas. Com isso, Demetrious ganhou o direito de desafiar o campeão da divisão, o brasileiro Adriano Moraes.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments