Lutador de MMA é morto a tiros após briga doméstica nos Estados Unidos | SUPER LUTAS

Lutador de MMA é morto a tiros após briga doméstica nos Estados Unidos

Representante dos pesados, Tyler East, segundo investigações da polícia, teria disparado contra a namorada e recebido o revide de uma terceira pessoa

Segundo a polícia, T. East (dir.) foi morto a tiros após, incialmente, disparar contra a namorada. Foto: Reprodução/Instagram

Representante dos pesos pesados, Tyler East, de 30 anos, foi encontrado morto após uma briga doméstica com a namorada, em Los Lunas, nos Estados Unidos. De acordo com o canal ‘KOB4’ e o site ‘MMA Junkie‘, o atleta teria disparado contra a parceira, ferindo a mulher, e recebido o revide de uma terceira pessoa, que fugiu antes que a polícia chegasse. O lutador tinha histórico de problemas com a lei.

Veja Também

Segundo a investigação das autoridades, Tyler discutia com a namorada quando teria efetuado um disparo contra a companheira. Ainda no local, uma terceira pessoa – não identificada – teria revidado os tiros, atingindo East, que morreu no local. Atingida, a mulher foi encaminhada ao hospital e apresenta situação estável.

De acordo com o ‘Combate’, Tyler acumulava uma lista de problemas com a justiça. Há mais de 10 anos, o lutador foi preso, acusado de agressão em terceiro grau, em um colega, ainda no ensino médio. East foi sentenciado a três anos, de liberdade condicional.

Em 2012, o peso pesado, que é irmão do ex-UFC, Cody East, esteve envolvido em um novo caso de violência doméstica. Segundo informações da namorada na época, o atleta a teria agredido sob efeito de cocaína. Tyler também foi indiciado em outras acusações, como estupro e sequestro.

Como lutador, East teve uma carreira irregular, nos últimos anos. Profissional no MMA de 2009 a 2016, o atleta disputou 22 combates, somando 15 vitórias, seis derrotas e uma luta ‘sem resultado’. Sua última apresentação aconteceu há mais de quatro anos, quando foi batido por Brian Heden por nocaute, em evento promovido pelo LFC (Legacy Fighting Championship).

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments