Kamaru Usman destaca evolução em pé após mais um nocaute e diz que pretende seguir legado no Ultimate

Campeão dos meio-médios, nigeriano já nocauteou Colby Covington, Gilbert Durinho e Jorge Masvidal

K. Usman defendeu o cinturão contra J. Masvidal no UFC 261. Foto: Reprodução/Instagram

Depois de manter o cinturão dos meio-médios (até 77kg.) ao nocautear Jorge Masvidal na revanche válida pelo UFC 261 deste sábado (24), Kamaru Usman se diz feliz com sua atuação. O atleta, que também levou para casa o prêmio de ‘Performance da Noite’, destaca sua evolução em pé e afirma que pode se manter no topo por muito tempo.

Veja Também

“Eu consegui nocautear os meus três últimos oponentes (Covington, Durinho e Masvidal). Por isso, neste momento, só preciso voltar e continuar treinando para melhorar. Mas os caras da divisão (dos meio-médios) precisam me mostrar algumas coisas, porque sigo sendo o campeão e o lutador mais duro da divisão”, afirmou Usman em coletiva de imprensa do UFC 261.

Com a vitória, o nigeriano conseguiu defender pela quarta vez o título dos meio-médios. Além disso, ele lidera de forma isolada a maior sequência de vitórias (14) da divisão e diz que pensa em manter o ‘reinado’ por muito tempo.

“Eu me sinto realmente muito bem. Sou abençoado por estar aqui e viver este momento. Só quero que o bom momento dure por um bom tempo e que eu consiga fazer outras lutas como a de hoje”, concluiu o nigeriano.

Aos 33 anos, Kamaru Usman agora tem um cartel de 19 vitórias e apenas uma derrota na carreira. Em confronto contra seus últimos oponentes, ele nocauteou Colby Covington, Gilbert Durinho e Jorge Masvidal.

Podcast #033: As vitórias de Marina Rodriguez no UFC e Tyson Fury no Boxe + ex-campeão preso

Comentários

Deixe um comentário