Após vitória, Kayla Harrison revela interesse em encarar Amanda Nunes: 'Quero ser a maior da história' | SUPER LUTAS

AO VIVO

Assista o UFC 263 com Deiveson e Adesanya defendendo seus cinturões

Após vitória, Kayla Harrison revela interesse em encarar Amanda Nunes: ‘Quero ser a maior da história’

Norte-americana, que derrotou Mariana Morais na PFL 3, treina com a 'Leoa' na American Top Team (ATT)

K. Harrison está invicta na carreira com nove lutas. Foto: Reprodução/YouTube

Depois de brutalizar Mariana Morais no primeiro round da PFL 3 da última quarta-feira (6), a peso leve (até 70,3kg.) Kayla Harrison já planeja seu futuro. Em entrevista pós-evento, a norte-americana afirmou que deseja se tornar a maior lutadora de MMA da história e que deseja encarar a companheira de treinos na American Top Team (ATT) e duplo-campeã do UFC, Amanda Nunes.

Veja Também

“Quero ser a maior lutadora da história. E Amanda Nunes é, atualmente, a maior de todos os tempos. O maior elogio que eu poderia fazer a ela é querer enfrenta-la um dia. Isso significa que ela é a GOAT (sigla que, em inglês, significa ‘o melhor de todos os tempos’). Ela é o que todas seguem e querem ser”, afirmou Harrison.

A norte-americana, que está invicta na carreira, revela desejo de se sagrar vencedora da PFL pela segunda vez. Ela, no entanto, diz que a temporada é exaustiva, mas lutará contra qualquer combatente para cumprir com o objetivo.

“Meu grande objetivo é ser campeã da PFL novamente. Sei que tenho outras oponentes duras pela frente e é muito difícil disputar uma temporada. Afinal, são muitos combates seguidos em tempos. O corpo e a mente acabam sofrendo. Estou me preparando para isso e quero pensar em cada duelo de uma vez. Meu objetivo é ser a maior da história e lutarei contra qualquer uma para conseguir chegar lá”, concluiu a lutadora.

Harrison Harrison, de 30 anos, tem um ‘cartel perfeito’ no MMA. Profissional desde 2018, são nove vitórias seguidas em sua carreira. Ela se tornou conhecida nas artes marciais após conquistar duas medalhas de ouro olímpicas, competindo pelo judô. Sua primeira, veio em 2012, em Londres e, a segunda, no Rio de Janeiro, em 2016.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments