Julianna Peña usa vitória sobre último algoz de Amanda Nunes para provocar campeã | SUPER LUTAS

Julianna Peña usa vitória sobre último algoz de Amanda Nunes para provocar campeã

Próxima adversária da ‘Leoa’, norte-americana aponta méritos por disputa de cinturão e mostra confiança para o embate no UFC 265

J. Pena em vitória pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

A dura tarefa de dividir o octógono contra uma das melhores lutadoras de todos os tempos parece não assustar Julianna Peña. Adversária de Amanda Nunes no UFC 265, a norte-americana usou a entrevista para o ‘The Perimeter with Adam Morrison’ para provocar a lenda brasileira e tentar justificar seus méritos por ter conquistado uma disputa de título nos galos (até 61,2kg.). Para ‘cutucar’ a ‘Leoa’, a adversária lembrou a dura derrota sofrida pela baiana diante de Cat Zingano.

Veja Também

“Muita gente diz: você conquistou a disputa de cinturão por falar merd*’. Eu respondo: ‘não, eu estava com sete vitórias consecutivas quando (Amanda) não quis me enfrentar. Você (Nunes) bateu Miesha Tate (no UFC 200) e eu derrotei Cat Zingano, quem literalmente te fez se encolher em posição fetal, quando o árbitro precisou te tirar de lá. Você desistiu, eu não. Eu a derrotei e ela abriu uma ‘cratera’ em você”, disparou Peña.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Disposta a tentar provar seu argumento, Julianna seguiu listando seus feitos nos últimos anos. Para a combatente, seu retrospecto recente e conquistas fora do octógono a tornam a única desafiante viável a Amanda no momento.

“Não estou tentando provocar, estou mostrando fatos do que eu vi, do que eu fiz e da minha experiência. Eu me recuperei de uma cirurgia no joelho, voltei depois de ter um bebê. Ainda fui capaz de vencer no mais alto nível”, finalizou.

Atual número seis no ranking liderado por Nunes, Juliana conquistou o direito de enfrentar a ‘Leoa’ após finalizar Sara McMann no UFC 257. Hoje, a norte-americana ostenta um cartel com 14 apresentações no MMA, com 10 vitórias e quatro derrotas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Absoluta em duas divisões do Ultimate, Amanda colocará seu título dos galos em jogo pela sexta vez. Sem perder desde a derrota para Zingano, em 2014, a baiana, a cada vitória, se consolida como uma das maiores estrelas do MMA feminino na história do esporte.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments