TUF Brasil 2: Com argentino na disputa, Minotauro e Werdum definem equipes

Após sete eliminatórias, 14 atletas que continuam na briga pelo contrato com o UFC são divididos em duas equipes

TUF Brasil 2 Minotauro WerdumO TUF Brasil 2 definiu, neste domingo (24), os últimos 14 lutadores que garantiram vaga na casa e continuam na disputa pelo sonhado contrato com o UFC. Depois do primeiro episódio, que foi ao ar na semana passada, onde sete atletas passaram para a próxima etapa, no segundo programa, que foi ao ar nesta noite, mais sete lutadores da divisão de meio-médios confirmaram passagem para o reality show do Ultimate.

Argentino garante vaga no TUF Brasil 2

O destaque da noite foi o argentino Santiago Ponzinibbio, que pode ser o primeiro atleta de seu país a lutar no UFC. O “El Rasta”, como é conhecido, travou a melhor luta da eliminatória diante de Thiago Bel e avançou na disputa ao derrotar o brasileiro por nocaute técnico no segundo round.

Ninja finaliza Sucuri  e entra na casa

Outro destaque do segundo episódio foi Juliano Ninja. O catarinense, que se intitula o “protótipo do novo lutador” por falar inglês, francês e ler livros de moda, impôs seu jogo diante de Henrique Sucuri.

Ninja buscou o jogo de quedas e vários ataques de finalização, que sempre foram bem defendidos por Sucuri. Henrique ainda conseguiu inverter algumas posições e levar a disputa para o terceiro round. Mas no assalto que definiu a disputa, Ninja chegou as costas, encaixou o mata-leão e garantiu a vaga na casa.

Yan Cabral avança na luta contra o amigo Rony Silva

O polêmica “luta entre amigos” chamou a atenção logo na última eliminatória do TUF Brasil 2. Yan Cabral e Rony Silva treinam juntos e tiveram que disputar uma única vaga no reality show. No duelo, melhor para Yan, que conseguiu impor sua técnica de jiu-jitsu para escapar de uma tentativa de Kimura de Rony, levar a disputa para o solo e encaixar um  mata-leão.

Escolha dos times

Após a definição dos 14 atletas que garantiram vaga na casa foi a vez dos técnicos Rodrigo Minotauro e Fabrício Werdum entrarem em ação.

Na disputa do cara ou coroa, Werdum levou a melhor e teve a opção de escolher o primeiro atleta ou casar a primeira luta. O gaúcho optou pela luta. Coube então a Minotauro escolher o primeiro atleta para seu time: Luis Besouro, que garantiu vaga no reality no primeiro episódio. Fabrício então selecionou Pedro Iriê, que também atuou no primeiro programa.

 Confira abaixo como foram formados os times do TUF Brasil 2:

Time Minotauro

1ª escolha – Luis Besouro

2ª escolha – Santiago Ponzinibbio

3ª escolha – Neílson Gomes

4ª escolha – Leo Santos

5ª escolha – David Vieira

6ª escolha – William Patolino

7ª escolha – Cleiton Foguete

Time Werdum

1ª escolha – Pedro Iriê

2ª escolha – Yan Cabral

3ª escolha – Tiago Alves

4ª escolha – Viscardi Andrade

5ª escolha – Márcio Pedra

6ª escolha – Juliano Ninja

7ª escolha – Thiago Marreta

Confira abaixo os resultados completos do segundo episódio do TUF Brasil.

Yan Cabral finalizou Rony Silva com um mata-leão no R1;

Cleiton Foguete derrotou Bruno Jacaré na decisão dividida dos juízes;

Leo Santos derrotou Luciano Contini por  nocaute técnico (interrupção médica) no R1;

David Viera derrotou Leandro Buscapé na decisão dos juízes;

Juliano Ninja finalizou Henrique Sucuri com um mata-leão no R3;

Viscardi Andrade derrotou Thiago Jambo na decisão majoritária dos juízes;

Santiago Ponzinibbio derrotou Thiago Bel por nocaute técnico

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments