Ex-Bellator revela que cliente de bar havia feito ofensas racistas e alega 'legítima defesa' por agressão | SUPER LUTAS

Ex-Bellator revela que cliente de bar havia feito ofensas racistas e alega ‘legítima defesa’ por agressão

Joe Schilling diz que desconhecido estava insultando clientes e funcionários do local antes da ação

J. Schilling (foto) tem um cartel de quatro vitórias e seis derrotas na carreira. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-lutador do Bellator, Joe Schilling se manifestou após ter vídeo de ‘nocaute’ em um homem no bar viralizado. Em sua conta oficial no ‘Twitter’, o norte-americano acusou o desconhecido de ter insultado racialmente clientes e funcionários do restaurante e revelou ter sentido medo de morrer no incidente.

Veja Também

“O garoto passou e esse i***** esbarrou nele e gritou: ‘Eu e ‘estourou o gás’ não nos damos bem’. O rapaz ficou seriamente ofendido, mas não queria perder o emprego. À medida que a noite avança, este palhaço começa a olhar para mim e cantar rap em qualquer música que estivesse tocando, enquanto fazia contato visual comigo”, afirmou Schilling.

Além disso, o lutador deu a entender que o vídeo foi filmado depois que ele saiu para fumar um cigarro. Ele revelou que não entendeu quando o homem esbarrou nele, antes de pedir desculpas. Porém, quando Schilling viu de que se tratava do mesmo cliente, perdeu a cabeça e reagiu.

“(O homem) grita: ‘Ei’, eu me viro e ele se inclina sobre mim. Más decisões são tomadas todos os dias”, escreveu o lutador.

Aos 37 anos, Schilling tem 10 lutas como profissional no MMA. O veterano soma quatro vitórias e seis derrotas na carreira. Sua última apresentação aconteceu em outubro de 2019, quando foi nocauteado por Tony Johnson. Em 2020, Joe foi dispensado pelo Bellator.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments