Shevchenko aponta caminho para Juliana Peña chocar o mundo e superar Amanda Nunes no UFC 265 | SUPER LUTAS

Shevchenko aponta caminho para Juliana Peña chocar o mundo e superar Amanda Nunes no UFC 265

Adversária da ‘Leoa’ em duas ocasiões, campeã das moscas analisa confronto entre atletas em evento que acontece em 7 de agosto

V. Shevchenko em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/YouTube UFC

Nos últimos anos, Amanda Nunes tem escrito seu nome a ouro na história do MMA e se mantido no topo do esporte. Ainda assim, há quem acredite que o reinado da ‘Leoa’ no peso galo pode estar perto do fim. Para Valentina Shevchenko, campeã dos moscas (até 56,7kg.), Julianna Peña tem chances reais de bater a brasileira e assumir o trono do grupo até 61,2kg no UFC 265.

Veja Também

“Acho que será uma boa luta, muito interessante de assistir. Depende da mentalidade e condição física que estarão em jogo. Acredito que Julianna tem muitas chances e ela coloca na mesa muitos desafios para Amanda. Muito grappling, talvez. Isso é o que ela vai fazer, certo? Ela não vai ficar parada na frente da Amanda e trocar socos, vendo quem é mais forte. Não acho que é a ideia da luta. Penso que ela tem muitas oportunidades de encontrar a chave para vencer. É MMA, você nunca sabe o que vai ocorrer no próximo segundo”, afirmou Shevchenko, em entrevista ao ‘Middle Easy’.

Acreditando no potencial de Peña, Valentina tem propriedade para expor sua opinião sobre um confronto entre as duas combatentes. A campeã dos moscas do Ultimate já dividiu o octógono com ambas, vencendo Julianna, em 2017 e sendo duas vezes batida pela brasileira (2016 e 2017).

Atual número seis dos galos, Julianna se credenciou para enfrentar a ‘Leoa’ após finalizar Sara McMann, em janeiro de 2021. Depois do triunfo, a atleta passou a desafiar Nunes publicamente e a insistência foi tanta que convenceu o presidente da organização, Dana White, e sua equipe.

Enquanto Peña tenta fazer história e derrotar aquela que, para muitos, é a melhor lutadora de todos os tempos, Amanda busca se manter no topo da categoria que lidera desde 2016. Além do título nos galos, a baiana também ostenta o cinturão dos penas (até 65,7kg.), conquistado em 2018, quando superou a temida Cris Cyborg.

O confronto entre Nunes e Julianna está confirmado para 7 de agosto. As atletas farão a luta co-principal do evento que será encabeçado por Derrick Lewis e Ciryl Gane, que disputam o cinturão interino dos pesados (até 120,2kg.).

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments