Bruce Buffer elege melhor luta e melhores lutadores que viu no UFC | SUPER LUTAS

Bruce Buffer elege melhor luta e melhores lutadores que viu no UFC

Há 25 anos trabalhando no Ultimate, o announcer falou também sobre as principais promessas para o futuro da organização

B. Buffer falou sobre suas lutas e lutadores favoritos. Foto: Reprodução/Instagram @brucebuffer

A história de Bruce Buffer se confunde com a história do Ultimate. Announcer da organização há 25 anos, a “voz do UFC” acompanhou o  seu crescimento e viu de muito perto os melhores lutadores e as grandes lutas que já passaram pelo octógono.

Veja Também

Em entrevista ao site norte-americano Maxim.com, Buffer falou sobre sua vida no UFC e garantiu que não tem planos de se aposentar nos próximos dez anos.

“Coloco tudo de mim no meu trabalho. No momento em que eu não conseguir mais performar fisicamente, vocalmente, será a hora de parar. Mas minha paixao só aumenta, então isso não vai acontecer tão cedo. Estou bem por pelo menos os próximos dez anos”, afirmou o announcer.

Quando perguntado sobre as maiores lutas que viu no octógono, Buffer disse que é difícil elencar, mas citou uma em especial.

“Faço isso por 25 anos, então provavelmente vi todas as lutas que aconteceram no octógono e vou acabar esquecendo mais do que lembrando. É muito difícil, se não impossível dizer qual foi a melhor luta. Mas um exemplo bom é a final da primeira temporada do The Ultimate Fighter, quando Stephan Bonnar e Forrest Griffin lutaram. Até me empolguei e falei para a audiência que eles tinham acabado de ver a maior luta de todos os tempos. Esse não é meu papel como announcer, mas naquele momento não pude evitar”, lembrou Buffer.

Sobre quem seriam os melhores lutadores de todos os tempos, Bruce Buffer listou nomes que marcaram história na organização e alguns que ainda estão em atividade.

“É uma lista longa. Definitivamente Jon Jones, apesar de não ter parado ainda. Definitivamente Georges St-Pierre. Você pode colocar Chuck Lidell nessa lista também, vendo o que ele fez para pavimentar o caminho para o UFC. Randy Couture, com certeza. Israel Adesanya está no caminho certo. E sem dúvidas Amanda Nunes provou ser a maior de todos os tempos no MMA feminino. Ela é incrível”, analisou o announcer.

Por fim, Buffer falou sobre os nomes que ele vê com bons olhos para o futuro da organização.

“Acho que a próxima grande super estrela que vocês verão será Brandon Moreno. Ele vai conquistar os fãs e ter uma longa carreira de sucesso. Estou muito impressionado com ele e quero ver seu processo de evolução. Isral Adesanya também, com certeza. E vamos ver como Francis Ngannou evolui. Todos amam os pesos pesados”, finalizou.

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Daniel
Daniel
24 dias atrás

Sério que ele citou Chuck Lidel e não citou o Anderson Silva? Que vergonha, pode se não gostar do Anderson até questionar o final desastroso da carreira dele mas ele foi o maior lutador que eu já vi em seu auge, o que ele fazia com seus adversários beirava o desrespeito de tão superior que ele era.