Lenda do MMA, Georges St-Pierre fecha as portas para superluta com Khabib Nurmagomedov | SUPER LUTAS

Lenda do MMA, Georges St-Pierre fecha as portas para superluta com Khabib Nurmagomedov

Canadense voltou a falar sobre o russo, mas negou qualquer possibilidade de um confronto acontecer no futuro

G. St-Pierre (esq.) contra K. Nurmagomedov (dir.) foi um ‘sonho’ dos fãs de MMA. Foto: Montagem SUPER LUTAS

Ao que parece, a superluta entre dois dos melhores lutadores da história do esporte não vai acontecer. Aposentado desde 2019, o ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.) e médios (até 83,9kg.) Georges St-Pierre revelou que o ‘confronto dos sonhos’ contra o ex-detentor do cinturão dos leves (até 70,3kg.) Khabib Nurmagomedov não vai acontecer.

Veja Também

“Eu acredito que, se você fizer essa luta 10 vezes, pode haver 10 resultados diferentes Mas nunca veremos isso, infelizmente. O tempo foi um problema para o UFC. É lamentável. Porém, pode ser visto como positivo que nós dois terminamos nossas carreiras com um grande legado, e nada foi manchado (por uma derrota) – então é bom”, disse St-Pierre em entrevista ao ‘Bleacher Report’.

A possibilidade de uma possível superluta foi levantada pelo UFC, após Khabib anunciar aposentadoria. O confronto, inclusive, era o preferido de Abdulmanap Nurmagomedov para encerramento da carreira de seu filho. O canadense também já cogitou duelar contra o russo, mas negou a possibilidade de voltar às artes marciais mistas.

Aos 40 anos, Georges St-Pierre é apontado, por muitos, o maior meio-médio da história do esporte. O canadense, que foi campeão de duas categorias distintas, venceu 26 vezes e perdeu apenas duas no MMA. Em sua última apresentação, ele finalizou Michael Bisping e terminou sua carreira com o cinturão dos médios.

Por outro lado, Khabib Nurmagomedov, de 32, dominou a divisão dos leves por dois anos antes de se aposentar no combate contra Justin Gaethje. O russo é detentor da maior sequência de invencibilidade do MMA, somando 29 vitórias e nenhuma derrota. Ele também venceu nomes como Conor McGregor, Dustin Poirier e Rafael dos Anjos.

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments