Antes de duelo no UFC 265, Chiesa diz que Luque é o oponente mais perigoso que já enfrentou na carreira | SUPER LUTAS

Antes de duelo no UFC 265, Chiesa diz que Luque é o oponente mais perigoso que já enfrentou na carreira

Prestes a enfrentar o lutador brasileiro, o atual número seis dos meio-médios rasgou elogios ao seu adversário e admitiu que não pode errar se quiser sair vitorioso

M. Chiesa em coletiva pelo UFC. Foto: Reprodução/Instagram

Há pouco mais de um mês do duelo com Vicente Luque no UFC 265, Michael Chiesa mostrou respeito pelos talentos do seu adversário. O lutador norte-americano rasgou elogios as qualidades técnicas do brasileiro e afirmou que ele será o oponente mais perigoso que já enfrentou na carreira. A declaração foi dada ao podcast do ex-lutador Michael Bisping.

Veja Também

“Acho que Vicente é o cara mais perigoso que já enfrentei até hoje. Ele ganhou nove de suas últimas 10 lutas, sendo oito com nocaute ou finalização. Ele vence bônus de desempenho o tempo todo. Luque tem um bom poder de nocaute com as mãos, tem muita disciplina com o pé e você não vê ele cometer muitos erros. Ele é fundamentalmente sólido, fica dentro do básico e eu não estou dizendo isso de uma forma pejorativa”, afirmou Chiesa.

Ciente do grande desafio que terá contra o atleta tupiniquim, Michael declarou estar consciente de que não pode errar no combate para ter chances de sair vitorioso.

“Não posso cometer um único erro tático nesta luta se eu quiser vencer. Eu tenho que estar no ponto. Eu não posso errar contra Luque porque isso muda todo o cenário da luta. Ele é de uma boa academia. Eu sei que Vicente tem treinado muito no Brasil mas ele ficou durante um longo tempo na Sanford MMA”, finalizou o norte-americano.

Atual número seis do ranking dos meio-médios (até 77,1kg), Chiesa tem boas chances de entrar no top-5 em caso de vitória sobre Vicente. O ‘Maverick’ vem empolgado por uma sequência de quatro vitórias seguidas. Seu último revés foi para Anthony Pettis no UFC 226, em julho de 2018.

O espetáculo será encabeçado pela disputa do cinturão interino dos pesados (até 120,2kg) entre Ciryl Gane e Derrick Lewis. Na luta co-principal da noite, a brasileira Amanda Nunes defenderá o seu título dos galos (até 61,2kg) contra Juliana Peña. O show será realizado no Toyota Center, em Houston, Texas (EUA).

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments