Dana White rebate críticas sobre os salários pagos pelo Ultimate aos lutadores

Com as constantes reclamações de atletas sobre a remuneração paga pela organização, o mandatário se defendeu das queixas no 'media day' do UFC 264

D. White em entrevista coletiva. Foto: Reprodução/YouTube

Contrariado com as constantes críticas sobre os salários pagos pelo Ultimate, Dana White se defendeu. No ‘media day’ do UFC 264 do próximo sábado (10), o mandatário afirmou que as bolsas dos lutadores tem subido a cada ano e declarou que quem não estiver satisfeito, pode sair e fundar a sua própria organização.

Veja Também

“O salário dos lutadores tem subido continuamente a cada ano desde que possuímos o negócio. Alguns dos patrocinadores que trouxemos gastam toneladas de dinheiro com os lutadores também. Há muitas oportunidades aqui para eles. E ouça: nunca vai haver um cara que está saindo e dizendo: ‘Sim, eles estão me pagando muito. Eles estão me pagando demais’. Além disso, todos esses caras que são campeões participam da receita do pay-per-view“, se defendeu Dana.

PUBLICIDADE:

Claramente irritado com as críticas recorrentes, o mandatário enfatizou que essa é a política da empresa e deixou as ‘portas abertas’ para quem não estiver satisfeito.

“Ouça, se você não gosta, vá começar a sua própria liga de MMA e pague o quanto quiser a eles. Esta é minha e é assim que estamos fazendo”, finalizou o ‘chefão’.

PUBLICIDADE:

Nos últimos meses, o Ultimate tem sido alvo de polêmicas sobre remuneração dos seus atletas. As discussões sobre o imbróglio das negociações do combate entre Francis Ngannou e Jon Jones além de críticas de lutadores que ainda estão ou que já passaram pela organização tem se tornado constantes na imprensa.

Charles do Bronx recusa luta no UFC? Peso leve detona: ‘Você sabe que vou te dar trabalho’

Leia Mais sobre: ,


Comentários

Deixe um comentário

Confira todos os resultados do UFC Las Vegas 92 Resultados do UFC St. Louis Resultados do UFC 301 Resultados do UFC Las Vegas 91 Resultados do UFC 300