Dana White rebate críticas sobre os salários pagos pelo Ultimate aos lutadores | SUPER LUTAS

Dana White rebate críticas sobre os salários pagos pelo Ultimate aos lutadores

Com as constantes reclamações de atletas sobre a remuneração paga pela organização, o mandatário se defendeu das queixas no 'media day' do UFC 264

D. White em entrevista coletiva. Foto: Reprodução/YouTube

Contrariado com as constantes críticas sobre os salários pagos pelo Ultimate, Dana White se defendeu. No ‘media day’ do UFC 264 do próximo sábado (10), o mandatário afirmou que as bolsas dos lutadores tem subido a cada ano e declarou que quem não estiver satisfeito, pode sair e fundar a sua própria organização.

Veja Também

“O salário dos lutadores tem subido continuamente a cada ano desde que possuímos o negócio. Alguns dos patrocinadores que trouxemos gastam toneladas de dinheiro com os lutadores também. Há muitas oportunidades aqui para eles. E ouça: nunca vai haver um cara que está saindo e dizendo: ‘Sim, eles estão me pagando muito. Eles estão me pagando demais’. Além disso, todos esses caras que são campeões participam da receita do pay-per-view“, se defendeu Dana.

Claramente irritado com as críticas recorrentes, o mandatário enfatizou que essa é a política da empresa e deixou as ‘portas abertas’ para quem não estiver satisfeito.

“Ouça, se você não gosta, vá começar a sua própria liga de MMA e pague o quanto quiser a eles. Esta é minha e é assim que estamos fazendo”, finalizou o ‘chefão’.

Nos últimos meses, o Ultimate tem sido alvo de polêmicas sobre remuneração dos seus atletas. As discussões sobre o imbróglio das negociações do combate entre Francis Ngannou e Jon Jones além de críticas de lutadores que ainda estão ou que já passaram pela organização tem se tornado constantes na imprensa.

Escute o Podcast SUPER LUTAS #22 com a partipação do árbitro Flávio Almendra

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments