Após nocaute no UFC 264, Tai Tuivasa relembra caso de violência doméstica e volta a atacar Greg Hardy | SUPER LUTAS

Após nocaute no UFC 264, Tai Tuivasa relembra caso de violência doméstica e volta a atacar Greg Hardy

Depois de nocautear em apenas 1m7seg., australiano diz que pode revidar os golpes do norte-americano e deixa reflexões provocativas em seu ‘Instagram’ oficial

T. Tuivasa nocauteou G. Hardy no UFC 264. Foto: Reprodução/Instagram

O MMA é marcado por grandes rivalidades e, agora, parece que outra tem sido criada mesmo após o combate já acontecer. Depois de nocautear Greg Hardy no UFC 264, o peso pesado (até 120,2kg.) Tai Tuivasa relembrou, em suas redes sociais, o caso de violência doméstica atribuído ao norte-americano e voltou a atacá-lo por sua atuação no duelo.

Veja Também

“(Faça) a dança da galinha. Vou deixar algumas reflexões aqui para você pensar em algumas coisas, ok? Eu vou lá (no octógono) e posso dar um tapa em seu olho. Você fala muito e eu acabei (te batendo) nas costas. Eu sou um homem que revidou aos seus golpes”, escreveu Tuivasa em sua conta oficial no ‘Instagram’.

A publicação faz referência à condenação sofrida por Greg Hardy, em 2014, sob acusação de violência doméstica. Na época, o ex-jogador de futebol americano foi preso por agredir e ameaçar sua ex-namorada. O atleta, que já atuou na NFL (principal liga de futebol americano dos Estados Unidos), também, possui uma passagem pela polícia quando foi detido por porte de cocaína, em 2016.

Profissional desde 2018, Hardy tem três derrotas em suas últimas cinco lutas e vive momento delicado no Ultimate. Em sua carreira, são 12 confrontos – sendo sete positivos, quatro negativos e uma luta ‘sem resultado’.

Por outro lado, Tuivasa atravessa uma ascensão na companhia e venceu seus últimos três duelos. Na organização desde 2017, o australiano tem um cartel de 12 triunfos e três reveses em sua trajetória nas artes marciais mistas.

Confira a publicação

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments