UFC 159: Roy Nelson nocauteia Cheick Kongo e Vinny Pezão perde para Davis

Na segunda luta mais importante da noite, Alan Bisping passou por Alan Belcher

Roy Nelson gordinhoO aguardado duelo entre Jon Jones e Chael Sonnen é a grande atração do UFC 159, evento que acontece neste sábado (27), em Newark, nos Estados unidos. Porém, combates marcados por grandes rivalidades antecederam a disputa por cinturão. O programa de lutas contou com outra boa luta feminina, um espetacular nocaute de Roy Nelson e o acerto das desavanças entre Michael Bisping diante de Alan Belcher e Vinny Pezão com Phil Davis.

LEIAJones massacra Sonnen e defende cinturão dos meio-pesados

Com dedo no olho, Bisping bate Belcher

Michael Bisping e Alan Belcher trocaram várias provocações durante a promoção do UFC 159, mas no octógono o duelo deixou a desejar. A esperada luta franca deu lugar a um duelo burocrático, sem grandes momentos. Melhor para Bisping, que levou a fatura na decisão dos juízes.

O combate começou com Bisping tomando o centro do octógono e trabalhando com golpes retos, que acertavam o rosto de Belcher. Por sua vez, o norte-americano não respondia os golpes e ficava apenas na defensiva. O tempo se passava e a luta seguia sem bons momentos, mas com Bisping conectando os melhores golpes.

Após Michael Bisping levar vantagem nos dois primeiros assaltos, o duelo terminou de uma forma inesperada no terceiro round. No momento em que o atleta britânico tentava marcar a distância para golpear, o dedo acabou acertando o olho de Belcher.

O norte-americano foi ao chão e os médicos entraram no octógono para examinar Alan. Sem condições de luta, o árbitro central encerrou a disputa. Como já haviam se passado dois dos três rounds, os juízes marcaram as papeletas e Michael Bisping venceu a disputa na decisão unânime dos juízes (30×27, 30×27, 29×28)

Roy Nelson apaga Cheick Kongo

Com direito a show, o “gordinho” Roy Nelson levantou o público presente no Prudential Center para assistir ao UFC 159. Diante do francês Cheick Kongo, o norte-americano logo encurtou a distância e tentou levar a disputa para o solo. Mas, após não conseguir, Nelson chegou ao nocaute de forma sensacional.

Com menor envergadura, Roy entrou com um golpe de direito que acertou o queixo de Kongo, que foi a knockdown. Sem perder tempo, ele encaixou apenas mais um soco e nocauteou o atleta francês no primeiro round.

Pezão não se encontra e perde para Phil Davis

O brasileiro Vinny Pezão não escondeu o desejo de enfrentar o Phil Davis no octógono. Porém, o atleta tupiniquim não conseguiu impor seu jogo e acabou dominado pelo norte-americano. Pezão até começou bem a disputa, trabalhando com chutes na coxa de Davis, mas o norte-americano logo se encontrou na luta e começou a controlar a distância.

No primeiro round, Vinny até conseguiu uma queda e chegou as costas do rival, porém, ele perdeu a posição quando tentou encaixar uma chave de braço. No assaltos seguinte, o panorama foi parecido. Davis controlava a luta em pé, evitava o jogo de chão do brasileiro, que já aparentava cansaço.

Sem conseguir se encontrar na luta, Pezão precisava se arriscar na última paricial. Porém, já cansado, Pezão apenas tentava se jogar no chão, chamando o rival para a guarda. Mas, com o duelo sob controle, Davis apenas pedia para o brasileiro se levantar.

Ao final de três rounds, vitória de Phil Davis na decisão unânime dos juízes (30×27, 29×28, 30×27).

Sara McMann bate Sheila Gaff no card preliminar

As mulheres chegaram para final no UFC. Depois de grandes lutas femininas, Sara McMann e Sheila Gaff não decepcionaram o público e foram o destaque do card preliminar.

Logo nos primeiros movimentos, a alemã Gaff foi com tudo pra cima da rival, mas acabou surpreendida e foi logo colocada no solo. A partir daí, Sara McMann se soltou no combate. A lutadora, que é ex-atleta olímpica e pan-americana, mostrou todas as suas habilidades na luta de chão.

Rápida no gatilho, ela prendeu os braços de Gaff e começou a desferir golpes até o árbitro encerrar a disputa e decretar o nocaute técnico no primeiro round.

Confira abaixo os resultados completos do UFC 159:

Card Principal

Jon Jones derrotou Chael Sonnen por nocaute técnico no R1;

Michael Bisping derrotou Alan Belcher na decisão unânime dos juízes;

Roy Nelson derrotou Cheick Kongo por nocaute no R1;

Phil Davis derrotou Vinny Pezão na decisão unânime dos juízes;

Pat Healy finalizou Jim Miller com um mata-leão no R3;

Card Preliminar

Ovince St. Preux derrotou Gian Villante na decisão majoritária dos juízes;

Rustam Khabilov derrotou Yancy Medeiros por nocaute técnico (contusão) no R1;

Sara McMann derrotou Sheila Gaff por nocaute técnico no R1;

Bryan Caraway finalizou Johnny Bedford com uma guilhotina no R3;

Cody McKenzie derrotou Leonard Garcia na decisão unânime dos juízes;

Steven Siler derrotou Kurt Holobaugh na decisão unânime dos juízes;

Notícias relacionadas

Deixe seu comentário

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments