Corey Anderson diz não se importar em ser o azarão no duelo contra Ryan Bader em outubro | SUPER LUTAS

Corey Anderson diz não se importar em ser o azarão no duelo contra Ryan Bader em outubro

O 'Overtime' declarou que não liga de ser considerado a 'zebra' do confronto previsto para o dia 16 de outubro, válido pela semifinal do GP dos meio-pesados

C. Anderson em luta pelo Bellator Foto: Instagram

Considerado ‘azarão’ no duelo contra Ryan Bader pelas semifinais do GP dos meio-pesados (até 93kg) do Bellator, Corey Anderson não tem vergonha de assumir o rótulo. O ‘Overtime‘ admitiu que curte ser a ‘zebra’ em seus confrontos e afirmou que seu desempenho até melhora quando não é visto como favorito. A declaração foi dada em entrevista ao ‘MMA Junkie‘.

Veja Também

“Eu amo entrar em território inimigo, ouvir as vaias e ser um azarão. Eu tenho melhor desempenho quando sou um azarão porque eles querem que eu perca. Eles estão rezando para que eu perca e eu tenho que ir lá e provar que eles estão errados e eu amo isso, ouvir esse silêncio. Se você lembrar, na minha luta contra Johnny Walker no UFC, eu o nocauteei e falei para todos: ‘Shhh…continuem falando, eu estou aqui'”, afirmou Corey.

Contratado em 2020 pela organização em 2020, Corey venceu os seus dois combates na ‘nova casa’, contra Melvin Manhoef e Dovletdzhan Yagshimuradov. Seu próximo duelo será contra Ryan Bader, pelas semifinais do GP dos meio pesados. O confronto está programado para o Bellator 266, previsto para o dia 16 de outubro.

 

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments