Gleison Tibau não dá chances à norte-americano e vence por finalização no card preliminar da PFL 7 | SUPER LUTAS

Gleison Tibau não dá chances à norte-americano e vence por finalização no card preliminar da PFL 7

O lutador potiguar deu um show e derrotou Micah Terrill no espetáculo dessa sexta (13); No mesmo evento, Leandro Buscapé foi derrotado por promessa russa

G. Tibau x M. Terrill

Principal brasileiro no card preliminar da PFL 7 nessa sexta (13), Gleison Tibau deu show. O lutador brasileiro não deu chances a Micah Terrill e venceu por finalização no início do primeiro round. Também na primeira parte do evento, Leandro Buscapé foi derrotado por Magomed Umalatov. O espetáculo aconteceu no Seminole Hard Rock Hotel & Casino, Flórida (EUA).

Em sua terceira luta na PFL, Tibau consegue a sua segunda vitória consecutiva. Após vencer Rory MacDonald em junho, o atleta potiguar vence por finalização e emplaca mais um triunfo na nova organização. O lutador tupiniquim agora ostenta um cartel de 36 triunfos e 15 reveses na carreira.

Em seu primeiro combate na empresa presidida por Ray Sefo, Micah Terril inicia na ‘nova casa’ com o pé esquerdo. Profissional desde 2012, o norte-americano marca no esporte 15 vitórias e nove derrotas.

Veja Também

A LUTA

Estreando na organização, Terrill não se intimidou diante de Tibau e iniciou o combate de forma agressiva. Com maior envergadura, o norte-americano tentava pressionar o brasileiro com diretos de esquerda. Se sentindo acuado, Gleison logo botou o seu oponente para baixo e em rápida transição, encaixou um katagatame que fez o seu oponente apagar.

Em atuação eficiente, Olivier Aubin-Mercier derrota Darrel Horcher na decisão unânime dos juízes

O. Aubin-Mercier x D. Horcher Foto: Instagram/@pflmma

O round inicial, apesar de não ter muitas emoções, foi marcado pela estratégia de alto nível entre os dois combatentes. Aubin Mercier era mais agressivo e usava os chutes baixos para pontuar, enquanto Horcher tinha dificuldades em encontrar o tempo certo dos seus golpes. Com um direto de direita, Darrell acertou Olivier que ‘balançou’ e sofreu um knockdown. O norte-americano foi com tudo para cima buscando liquidar a ‘fatura’ mas o canadense se manteve firme o duelo terminou no jogo de chão, com Hocher por cima do ex-TUF.

O segundo assalto retornou com Aubin Mercier insistindo nos chutes baixos e tentando botar o seu oponente para baixo. Mesmo com muita dificuldade, o canadense conseguiu a queda e montou em Horcher. O veterano ex-UFC se manteve por cima e buscava um espaço para conseguir uma finalização. Com um  ground and pound eficiente, Olivier conseguia pontuar e mantinha o seu adversário sob controle no chão do decágono. Desesperado, Horcher dava as costas e parecia ‘entregue’. Apesar do completo domínio, o lutador canadense não conseguiu finalizar o combate.

Imediatamente após o início da última parcial, Olivier quedou Horcher novamente. Cansado e sem apresentar qualquer resistência, o norte-americano não esboçava qualquer reação as investidas do veterano. Com Aubin-Mercier soberano na luta de solo, o cenário da luta transcorreu sem qualquer alteração. O soar do gongo interrompeu o massacre canadense.

O ‘Gângster Canadense’ emenda a sua segunda vitória consecutiva em dois duelos pela PFL, em seu cartel, o veterano agora possui 12 triunfos e cinco reveses. Darrel Horcher segue inconstante em seus últimos resultados da carreira. O norte-americano marca no esporte 14 resultados positivos e cinco negativos.

Brett Cooper dá show e nocauteia Tyler Hill no primeiro round

B. Cooper x T. Hill Foto: Instagram/ @pflmma

Assim que soou o gongo, Brett Cooper foi com tudo para cima de Tyler Hil com sequência de jabs e diretos seguidos de uma queda. Em um ritmo alucinante, Brett continuou castigando Hill que não conseguia sequer respirar. Antes da metade do round, o veterano acertou uma perigosa combinação de cruzados que levou o seu oponente à lona, decretando o fim do combate.

Veterano do MMA, Brett Cooper conseguiu o seu segundo triunfo consecutivo e agora marca 28 vitórias e 15 derrotas no esporte. Por outro lado, Tyler Hill anota o seu segundo insucesso na carreira e passa a exibir 10 resultados negativos e seis positivos nas artes marciais mistas

Magomed Umalatov mantém a sua invencibilidade ao derrotar Leandro Buscapé na decisão unânime dos juízes

M. Umalatov x Leandro Buscapé Foto: Instagram/@pflmma

O duelo entre Magomed Umalatov e Leandro Buscapé foi um pouco decepcionante para os fãs de MMA. Os dois atletas mantiveram a trocação como estratégia principal durante todo o tempo, com pouca emoção durante o combate. Na reta final do terceiro assalto, os dois atletas foram para o ‘tudo ou nada’ buscando impressionar os juízes laterais. Na papeleta, vitória de Umalatov por decisão unânime.

Magomed segue invicto no MMA profissional com 11 triunfos e se consolida como uma das maiores promessas da divisão dos meio-médios (até 77,1kg). O veterano Leandro Buscapé sofre mais um resultado negativo na sua carreira profissional e agora ostenta um histórico de 25 vitórias e 10 reveses na carreira.

Michael Lombardo venceu Kyron Bowen por nocaute técnico

K. Bowen x M. Lombardo Foto: Instagram/@pflmma

O combate entre Kyron Bowen e Michael Lombardo foi marcado pela boa trocação entre os dois atletas. Lombardo tomava o controle das ações e Bowen era preciso nos contragolpes. No final do primeiro assalto, Michael acertou um chute na canela de Bowe que caiu gritando de dor. Após mais um chute de Lombardo, o árbitro percebeu que Kyron não tinha condições de seguir no combate e decretou o fim do duelo.

Fazendo sua primeira luta na organização, Lombardo agora possui quatro vitórias consecutivas na carreira. O norte-americano marca 12 triunfos e quatro reveses na carreira até aqui. Em péssima fase no MMA profissional, Bowen agora possui nove resultados positivos e sete negativos em seu histórico.

Em duelo de estreantes, Elvin Espinoza vence Hopetown Stewart por finalização

H. Stewart x E. Espinoza Foto: Instagram/ @pflmma

Abrindo a noite de lutas, Espinoza começou o confronto já botando Stewart para baixo e passando a guarda. Em seguida, o lutador do corner azul tentou pegar as costas mas logo foi repelido pelo seu oponente. Elvin era arisco e se movimentava de forma veloz buscando uma boa posição. Na metade do assalto, o atleta de Nicarágua conseguiu a transição e encaixou um mata-leão em Stewart que apagou imediatamente após bater em desistência.

Estreando na organização, Elvin Espinoza segue invicto no MMA profissional com seis vitórias. Também debutando na empresa, Hopetown Stewart sofre sua segunda derrota nos últimos três combates e agora marca cinco resultados positivos e dois negativos na carreira.

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio (até 77kg.): Rory MacDonald x Ray Cooper (semifinal)

Peso meio-médio (até 77kg.): Magomed Magomedkerimov x Sadibou Sy (semifinal)

Peso leve (até 70,3kg.): Clay Collard x Raush Manfio (semifinal)

Peso leve (até 70,3kg.): Loik Radzhabov x Alexander Martinez (semifinal)

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77kg.): Gleison Tibau finalizou Micah Terrill com um katagatame a 2m17s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Olivier Aubin-Mercier derrotou Darrell Horcher na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-26, 29-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Brett Cooper venceu Tyler Hill por nocaute aos 2m32s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Magomed Umalatov derrotou Leandro Buscapé na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio (até 77kg.): Michael Lombardo derrotou Kyron Bowen por nocaute técnico (interrupção médica) aos 3m42s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Elvin Espinoza venceu Hopetown Stewart por finalização (guilhotina) aos 2m45s do R1

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments