Único homem a bater Petr Yan sucumbe, perde primeira no Bellator e se afasta de chance por cinturão | SUPER LUTAS

AO VIVO

Siga o UFC Las Vegas 37 com 2 brasileiros. AO VIVO!

Único homem a bater Petr Yan sucumbe, perde primeira no Bellator e se afasta de chance por cinturão

Promessa russa, Magomed Magomedov para na técnica de Raufeon Stots, que pode se credenciar para disputa do cinturão dos galos

M. Magomedov (esq.) sofreu a segunda derrota na carreira diante de R. Stots (dir.). Foto: Reprodução/Instagram

Uma das lutas mais esperadas do Bellator 264 não decepcionou. No encontro entre Magomed Magomedov e Raufeon Stots, realizado nesta sexta-feira (13), em Uncasville (EUA), o russo, único homem a bater Petr Yan, sucumbiu diante da técnica do adversário. Em duelo marcado pela técnica, o norte-americano foi melhor nos três rounds e saiu vencedor na decisão unânime dos juízes.

Veja Também

Havia muita expectativa para o encontro entre Magomedov e Stots. Por se tratar de destaques dos galos (até 61,2kg.) e candidatos a uma futura disputa de cinturão, o embate estava nos holofotes da organização.

Com derrota, Magomedov, agora, sofre seu segundo tropeço na carreira. Antes do encontro desta sexta-feira, o russo somava cinco triunfos consecutivos e nenhum revés pelo Bellator.

Para surpreender o rival, Stots apresentou suas armas no cage circular e ampliou a grande sequência de vitórias na carreira. Agora, além de não ter perdido pela organização, o lutador soma nove resultados positivos me sequência.

Na entrevista após o triunfo, Raufeon, número quatro no ranking, ‘esqueceu’ da amizade que tem com o campeão dos galos, Sergio Pettis. Ao microfone, o norte-americano não descartou um confronto pelo título.

A luta

O confronto começou com Magomedov tomando a iniciativa com um chute baixo. Stots respondeu com um chute alto, que explodiu na guarda do russo. Os lutadores seguiram se testando no centro do cage, com muita tensão. Passado pouco mais de um minuto, Magomed arriscou a primeira queda, mas o oponente estava ligado e se defendeu bem. Raufeon lançou dois cruzados de direita no rosto do russo, que absorveu bem o ataque. O russo arriscou um soco rodado, mas acabou atingido por um direto do rival. Na metade do round, os atletas passaram a se provocar, mas poucos golpes efetivos entravam. Chegando ao minuto final, Magomedov defendeu um chute do oponente, agarrou a perna esquerda e tentou levar o duelo para o chão. Raufeon fazia força e tentava se manter de pé, pressionado contra as grades. O norte-americano conseguiu se desvencilhar e a luta voltou a ser disputada no centro do cage circular. Nos segundos finais, Raufeon surpreendeu e conseguiu uma queda no adversário, mas não havia mais tempo.

Na segunda etapa, foi Stots quem aplicou o primeiro golpe, com um jab limpo no rosto do russo. O norte-americano seguiu pontuando com jabs, enquanto Magomedov tentou sua primeira investida nas pernas. Repetindo a cena do primeiro assalto, Magomed se agarrou à perna esquerda do rival e continuou na busca da queda, pressionando o oponente contra as grades. Raufeon se defendia como podia, mas não conseguiu resistir às investidas. No chão, o russo caiu por cima e tentava as transições para uma finalização. Stots surpreendeu e conseguiu reverter a posição. Na sequência, os atletas ficaram de pé e voltaram a trocar ataques no centro do cage. Perto do minuto final, Magomed tentou nova queda, mas Stots, desta vez, se defendeu bem. Chegando ao fim da etapa, Raufeon tentou derrubar o russo, mas não havia mais tempo.

O último assalto começou com Magomedov tomando a iniciativa com um chute baixo. Magomed voltou a tentar uma queda, mas foi surpreendido pela defesa de Raufeon, que conseguiu se aproveitar da posição, chegou nas costas e arriscou o mata-leão. Com a finalização encaixada, o russo tentava sobreviver, mas Stots seguia fazendo força. O momento era crítico para Magomedov, que resistia como podia. O russo mostrou valentia, conseguiu sair da posição desconfortável e ficou por cima. Por cima, Magomed tentava passar a guarda, enquanto o norte-americano tentava travar o confronto. No minuto final, Magomedov ensaiou uma guilhotina, mas Raufeon se defendia bem. O russo conseguiu chegar às costas, mas não havia mais tempo.

Ex-campeão meio-médio volta à empresa com vitória

A. Koreshkov (esq.) derrotou A. Homasi (dir.) no Bellator 264. Foto: Reprodução/Instagram

Ex-campeão dos meio-médios (até 77kg.) no Bellator, Andrey Koreshkov teve sucesso em seu retorno à organização. Na luta co-principal do show, o antigo líder do grupo mostrou grande superioridade, mas não conseguiu o desfecho na via rápida contra Sabah Homasi. Após três rounds movimentados, o russo foi declarado vencedor na decisão unânime dos juízes.

Após uma curta passagem no evento russo, AMC, Koreshkov reestreou na empresa com o pé direito. Com a vitória, o atleta deve assumir a 10ª posição no grupo, hoje, liderado por Yaroslav Amosov. Andrey foi campeão do Bellator entre 2015 e 2016.

Na busca por defender o posto no ranking, Homosi mostrou raça, mas não conseguiu superar o ímpeto do adversário. Com o revés, o norte-americano perde seu segundo compromisso consecutivo.

Luta de ‘gigantes’ termina em nocaute relâmpago

D. Franklin (esq.) brutalizou E. Cummings (dir.) no Bellator 264. Foto: Reprodução/Instagram

Na única luta entre pesados no evento, um massacre. Fazendo sua estreia no Bellator, Everett Cummings viveu um verdadeiro pesadelo no cage circular. Diante de Davion Franklin, o ‘gigante’ sequer conseguiu colocar sua estratégia em jogo. Logo nos segundos iniciais do primeiro round, Franklin partiu para cima com tudo e atropelou o adversário com um nocaute brutal.

Com a vitória, Davion ampliou sua série invicto como profissional no MMA. ‘Cria’ do Bellator, o lutador, agora, tem quatro resultados positivos em sequência e segue sem perder na carreira.

A dura derrota para Franklin marcou o primeiro resultado negativo na carreira de Everett. O peso pesado nunca havia perdido em 16 apresentações no esporte.

Khadzimurat Bestaev bate Ty Gwerder em luta apertada

K. Bestaev (dir.) derrotou T. Gwerder (esq.) em luta apertada no Bellator 264. Foto: Reprodução/Instagram

Logo na primeira luta do card preliminar, um equilíbrio marcante. No embate disputado no peso médio (até 83,9kg.), Khadzimurat Bestaev alternou entre bons e maus momentos, mas conseguiu convencer os juízes no confronto contra Ty Gwerder. Ao fim de 15 minutos, o lutador foi declarado vencedor na decisão unânime.

Com a vitória, Bestaev conseguiu vencer em seu debute no Bellator. O atleta, que tem passagem pelo ‘Dana White’s Contender Series’, agora, soma 11 triunfos em 15 compromissos no MMA.

Derrotado no evento, Gwerder não escondeu a surpresa com o revés. O resultado negativo complica a situação do lutador na organização. Agora, Ty tem três tropeços em quatro compromissos.

Resultados do Bellator 264

CARD PRINCIPAL

Peso médio (até 83,9kg.): Gegard Mousasi derrotou John Salter por nocaute técnico a 2m07s do R3 – Luta pelo cinturão

Peso meio-médio (até 77kg.): Andrey Koreshkov derrotou Sabah Homasi na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-26, 30-27)

Peso galo (até 61,2kg.): Raufeon Stots derrotou Magomed Magomedov na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27)

Peso pesado: Davion Franklin derrotou Everett Cummings por nocaute a 21seg. do R1

Peso médio (até 83,9kg.): Khadzimurat Bestaev derrotou Ty Gwerder na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso pena (até 65,7kg.): Pam Sorenson derrotou Roberta Samad na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29, 29-28)

Peso casado (até 64,4kg.): Jeffrey Glossner derrotou Sebastian Ruiz na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso casado (até 88,4kg.): Jon McNeil derrotou Orlando Mendoza por nocaute técnico a 3m57s do R3

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?



Para acompanhar nossa transmissão ao vivo, clique no ‘auto faltante’ tire o ‘mudo’ do player acima

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments