Raush Manfio derrota Clay Collard e garante vaga na final em GP dos leves da PFL | SUPER LUTAS

Raush Manfio derrota Clay Collard e garante vaga na final em GP dos leves da PFL

Brasileiro vence norte-americano na decisão unânime dos juízes e encara Loik Radzhabov, em busca do prêmio de US$ 1 milhão

R. Manfio vence C. Collard e está na final do GP dos leves. Foto: Reprodução/Instagram

O Brasil terá um representante na final do Grand Prix dos leves (até 70,3kg.). Único lutador tupiniquim na disputa, Raush Manfio fez luta dura e derrotou Clay Collard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28). O confronto foi uma das atrações da sétima edição da PFL em 2021, em evento que aconteceu nesta sexta-feira (13), na Flórida (EUA).

Veja Também

Tendo vencido Joilton Pelegrino e Anthony Pettis na primeira fase, Raush Manfio conseguiu um novo triunfo conseguiu se aproximar da sonhada premiação de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,2 milhões). O brasileiro, agora, tem o retrospecto atualizado para 14 resultados positivos e três negativos. Ele encara Loik Radzhabov na grande final dos playoffs, que acontece no dia 27 de outubro.

Por outro lado, após vencer Joilton Pelegrino e Anthony Pettis, Clay Collard sente o ‘sabor amargo’ de sua nona derrota na carreira. Ex-boxeador, o norte-americano conta com um cartel de 20 triunfos e nove reveses na carreira.

A LUTA

Com base no boxe, Clay Collard teve as primeiras iniciativas do combate e deixou Raush Manfio na distância. O brasileiro, como resposta, cruzou uma perigosa esquerda que atingiu o norte-americano, que investia nos chutes baixos longe do raio de ação de seu oponente. No final do round, Raush aplicou uma joelhada voadora e recebeu uma dura resposta rápida de Clay Collard, que atingiu um direto que fez o representante tupiniquim sentir.

Decididos a acabar com a luta já no segundo assalto, os dois atletas começaram com uma alta intensidade e a trocação franca favoreceu ao brasileiro, que acertou um poderoso golpe na linha da cintura do norte-americano. Raush, inclusive, conseguiu aplicar outra joelhada e Clay pareceu sentir o golpe, já que tentou clinchar e levar a luta ao solo – sem sucesso. Nos últimos segundos, Collard teve sua grande chance no duelo, quando atingiu o brasileiro, conseguiu ir às costas e quase pegou o mata-leão.

A terceira etapa, assim como todo duelo, foi marcada pela intensidade entre os atletas. Raush Manfio entrou com um ímpeto de ir para cima e aplicou bons golpes em Clay Collard, que já demonstrava certo cansaço e se mostrava comedido em suas ações.  O brasileiro, inclusive, encurralou seu adversário na grade, aplicou bons diretos e teve a oportunidade de aplicar um triângulo de mão, mas perdeu a pegada.

Em revanche, Loik Radzhabov se recupera e vence Alexander Martinez na decisão dos juízes

L. Radzhabov derrotou A. Martinez e está na final do torneio. Foto: Reprodução/Twitter

A primeira vaga para a final foi preenchida por Loik Radzhabov. Em revanche de combate que ocorreu em abril deste ano na fase inicial do torneio, o tajiquistanês ‘deu o troco’, derrotou Alexander Martinez na decisão unânime dos juízes e está mais próximo da sonhada premiação de US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,2 milhões). O combate abriu o card principal da sétima edição da PFL.

Radzhabov começou o duelo encurtando a distância e aplicou dois golpes em Martinez. O tajiquistanês seguiu impondo seu ritmo junto à grade e também conseguiu ser superior com combinações de jabs e diretos. Por outro lado, o paraguaio já teve que lidar com um corte em seu rosto.

Apesar de ter começado no prejuízo, Alexander Martinez voltou ao segundo assalto disposto a mudar a história e encurralou Loik Radhabov. Em um dos momentos, o paraguaio chegou a colocar a luta para o chão, mas não teve sucesso em progressão. O tajiquistanês, no entanto, conseguiu sair da posição, aplicou a queda e, por pouco, não conseguiu um mata-leão.

Disposto a garantir sua classificação para a grande final, Radzhabov atacou em queda e saiu de uma guilhotina. Logo em seguida, o lutador conseguiu se movimentar, resistiu às pegadas de Martinez e venceu na decisão unânime dos juízes.

Com o resultado, Radzhabov chega pela segunda vez na final do torneio. Em 2019, ele também conseguiu estar na grande decisão, mas perdeu para o brasileiro Natan Schulte. Ele, agora, tem um cartel de 15 triunfos, três reveses e um empate na carreira.

Martinez, por outro lado, se despede do GP nos playoffs. O paraguaio sofreu sua segunda derrota na carreira – sendo também a segunda seguida. Ele também tem oito vitórias e uma luta sem resultado.

Resultados da PFL #7

CARD PRINCIPAL

Peso meio-médio (até 77kg.): Rory MacDonald x Ray Cooper (semifinal)

Peso meio-médio (até 77kg.): Magomed Magomedkerimov derrotou Sadibou Sy na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27) – (semifinal)

Peso leve (até 70,3kg.): Raush Manfio derrotou Clay Collard na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28) – (semifinal)

Peso leve (até 70,3kg.): Loik Radzhabov derrotou Alexander Martinez na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 30-27) – (semifinal)

CARD PRELIMINAR

Peso meio-médio (até 77kg.): Gleison Tibau finalizou Micah Terrill com um katagatame a 2m17s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Olivier Aubin-Mercier derrotou Darrell Horcher na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-26, 29-27)

Peso meio-médio (até 77kg.): Brett Cooper derrotou Tyler Hill por nocaute a 2m32s do R1

Peso meio-médio (até 77kg.): Magomed Umalatov derrotou Leandro Buscapé na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio (até 77kg.): Michael Lombardo derrotou Kyron Bowen por nocaute técnico (interrupção médica) aos 3m42s do R1

Peso leve (até 70,3kg.): Elvin Espinoza venceu Hopetown Stewart por finalização (guilhotina) aos 2m45s do R1

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments