Colby Covington explica como surgiu a rivalidade com Dustin Poirier | SUPER LUTAS

Colby Covington explica como surgiu a rivalidade com Dustin Poirier

Número um dos meio-médios, o norte-americano contou que era próximo ao 'Diamante', mas, que o peso leve 'virou as costas' para ele após alcançar o sucesso

C. Covington nos bastidores de um evento do UFC Foto: Instagram

Após desmerecer a vitória de Dustin Poirier sobre Conor McGregor e atacar o caráter do ‘Diamante’, Colby Covington explicou a origem da rivalidade. Segundo o ‘Chaos‘, os dois atletas eram amigos e parceiros de treinos, mas, o ex-campeão interino dos leves (até 70,3kg) teria mudado o seu comportamento após alcançar o estrelato.

Veja Também

“Temos uma história de quase dez anos. Costumávamos treinar em uma academia no sul da Flórida (American Top Team_. Foi sangue, suor e lágrimas por dez anos juntos e eu o ajudei muitas vezes. Lembro que eu o ajudava com o contrato o tempo todo, porque eu estava um pouco à frente e ele perguntava sobre o valor do meu pagamento, quanto eu ganharia. Eu o ajudei a ser um lutador completo e um dia ele decidiu virar as costas para mim”, declarou Colby em entrevista ao site ‘The Daily Wire‘.

O próximo desafiante da divisão dos meio-médios (até 77,1kg) contou que o estopim foi quando a ‘pressão’ de Poirier sobre a alta cúpula da American Top Team o fez ser expulso da academia.

“Ele age como ‘Se não estou treinando com você, não vou te ajudar’. Eu ia lutar contra Lawler, que é uma lenda do UFC e Poirier não quis treinar comigo. Falou que não queria ter nada a ver comigo, que não gosta do meu caráter e que queria que eu fosse expulso da academia. Ele começou a falar disso para o dono da academia e disse ‘Eu quero ele fora’. Dustin foi uma das razões pelas quais fui forçado a deixar minha antiga academia. Portanto, temos uma história muito ruim. Não tenho nada de bom a dizer sobre ele”, finalizou Colby.

Em meio a diversas polêmicas, Colby Covington se prepara para a sua segunda oportunidade de disputar o cinturão dos meio-médios. No dia 6 de novembro, no UFC 268, o norte-americano irá enfrentar novamente o campeão Kamaru Usman. O combatente possui um cartel de 16 triunfos e dois reveses.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments