Khabib Nurmagomedov diz que José Aldo já passou do auge e não crê em nova conquista do brasileiro | SUPER LUTAS

Khabib Nurmagomedov diz que José Aldo já passou do auge e não crê em nova conquista do brasileiro

O ex-campeão peso leve do UFC menosprezou a vitória do brasileiro sobre o compatriota Pedro Munhoz no UFC 265

J. Aldo (esq.) derrotou P. Munhoz (dir.) no UFC 265. Foto: Reprodução/Instagram

A ótima performance de José Aldo na vitória sobre Pedro Munhoz no UFC 265 fez muita gente lembrar dos tempos em que o brasileiro dominava a divisão peso pena (até 65,7 kg) do Ultimate. Na contramão da maioria, o ex-campeão dos leves (até 70,3 kg) Khabib Nurmagomedov não pareceu impressionado.

Veja Também

Em declaração ao site RT Sport, o russo afirmou que Aldo já passou do seu auge e que não acredita em uma nova conquista de cinturão por parte do brasileiro e comparou a vitória sobre Munhoz com o triunfo de Conor McGregor contra Donald Cerrone.

“Como ele está mostrando isso? Ele apanhou quando lutou contra Petr Yan, certo? O cara vence uma luta e todo mundo já começa a falar. Quando Conor lutou contra Cerrone, ele parecia um leão. Quando luta com oponentes mais fortes, parece uma galinha assustada. Você mostra o seu valor enfrentando os melhores lutadores. O nível da seleção russa de futebol vai ser testado contra a Croácia, não contra Malta. Uma luta contra Cerrone não mostra em que nível você está, assim como uma luta contra Munhoz”, analisou Khabib.

José Aldo enfrentou o russo Petr Yan pelo cinturão peso galo (até 61,2 kg) do no UFC 251, em julho de 2020, mas acabou perdendo por nocaute técnico no quinto round. De acordo com Khabib, a atitude na luta contra Yan mostrou que o brasileiro não tem mais chance de ser campeão.

“Você viu o que ele fez. Ele se fechou e esperou o árbitro interromper. Você receber golpes, estar consciente e não se defender já mostra que não está no auge. Eu chamo esse tipo de ‘lutador de negócios’. Eles só aparecem para ganhar dinheiro. Os campeões de verdade não se importam com o dinheiro. Claro que é um aspecto importante, mas eles têm o espírito competitivo. Então sem chances de Aldo ter um segundo auge. Você pode tentar provar o quanto quiser, mas eu já estive lá. Sei melhor do que você. Você é um jornalista, eu sou um lutador”, finalizou o ex-campeão.

Podcast #30: Aquecimento para o UFC 266 com duas disputas de cinturão e migué de Romero no Bellator

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments