Anderson Silva elogia Israel Adesanya e afirma que campeão é 'imbatível' no peso médio | SUPER LUTAS

Anderson Silva elogia Israel Adesanya e afirma que campeão é ‘imbatível’ no peso médio

Maior nome da história da divisão dos médios, o Spider acredita que o nigeriano tem tudo para repetir seu sucesso no Ultimate

A. Silva (esq.) e I. Adesanya (dir.) se enfrentaram em 2019. Foto: Reprodução/Facebook ufcbrasil

Dono da divisão dos médios (até 83,9 kg) do UFC por quase sete anos, Anderson Silva acredita que Israel Adesanya, atual detentor do cinturão da categoria, tem tudo para ter o mesmo sucesso na organização.

Veja Também

Israel Adesanya já tem três defesas bem sucedidas do cinturão da divisão e nomes como Robert Whittaker, Yoel Romero, Paulo Borrachinha e o próprio Anderson Silva no cartel. Para o Spider, não há no elenco do UFC hoje ninguém capaz de derrotar o nigeriano no peso médio.

“Deixa eu te falar algo muito importante: Israel (Adesanya) é o grande campeão. Israel tem muita experiência no kickboxing e não vejo ninguém que possa derrotá-lo ou desafiá-lo em sua categoria de peso. Provavelmente em outras divisões, mas no peso médio acho que não”, analisou Anderson.

Invicto no peso médio, Israel Adesanya sofreu a única derrota na carreira em março deste ano, quando desafiou o campeão meio-pesado (93 kg) Jan Blachowicz pelo título da categoria de cima. O nigeriano rapidamente se recuperou do revés e defendeu o título dos médios contra Marvin Vettori em junho e a tendência é que a próxima defesa seja em uma revanche contra Robert Whittaker, que derrotou Darren Till, Jared Cannonier e Kelvin Gastelum após perder a última disputa contra o campeão.

Apesar da notória evolução de Robert Whittaker, Anderson Silva tem total confiança em mais uma vitória por parte de Adesanya.

“É um jogo diferente, mas acho que Israel está no auge agora. É difícil falar, porque Israel provou a todos o porquê de ser campeão nessa categoria. É muito difícil permanecer nessa divisão lutando em alto nível. Eu sei porque estive lá por dez anos. É muito duro”, finalizou.

 Qual o futuro de Anderson Silva e Vitor Belfort no Boxe?

Comentários

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments